AGORA ESTOU AQUI

sexta-feira, novembro 30, 2007

CRISE PROFUNDA

Hoje houve uma espécie de levantamento de rancho no Bessa. Os jogadores do Boavista retardaram em uma hora o início do treino matinal alegando continuar, ESTA ÉPOCA, com 2 meses de salários em atraso. Joaquim Teixeira, o novo presidente do clube, apareceu no fim do treino e explicou que nada foi resolvido devido à transição de poderes que está a ser efectuada. Não é uma boa notícia. Poder não paga dívidas. Dinheiro, sim. E cada vez menos estou a ver um clube que tem esta época uma média de 3.833 espectadores por jogo pode sair do buraco onde se meteu, com um passivo na ordem dos 70 milhões de euros. Só mesmo alguém que lhe consiga dar asas porque isto com caldeiras e produtos químicos pode não ir lá.

3 comentários:

Anónimo disse...

Se os ordenados são os de Outubro e Novembor, então na verdade é apenas um mês de ordenado em atraso.

Em relação ás assitencias, se tirar ao seu Leixoes os jogos com Benfica e Sporting (que o Boavista ainda não recebeu), se calhar o Leixoes tem ainda menos que 3.800.

atirador especial disse...

Ó iluminado eugénio, então achas que uma média de 3.833 espectadores
por jogo é pouco.....
Sabes meu menino, para seres uma pessoa bem formada, dado que o teu ódio visceral ao Boavista te turva as ideias, escreve aqui no teu blogue a média de assistentes dos outros clubes !!!! Se não o fizeres és mais um daqueles, que quando não lhe dão uma avença, só
dizem mal porque não lhe pagaram.

Anónimo disse...

É so inveja, é só inveja...