AGORA ESTOU AQUI

segunda-feira, outubro 29, 2007

A BODA

BnA conseguiu infiltrar-se na boda da Quinta das Alforrecas e este é o relato do seu enviado-especial. José Serapicos, empregado de mesa n.º 9:

«Uma fina neblina pairava sobre a mesa dos rissóis.
Pôncio, o Piladas, tomava o 43.º comprimido do dia.
Tavarich ajeitava a gravata e pensava em como Carol ficaria bem com ela e de cuecas.
Vítor dava um jeito no cachecol Guess enquanto afagava o joelho da amada.

No alpendre, Ele admirava a cena.

Ela, nervosa, entrava que nem manteiga no corpete branco.

O médico das plásticas torrava a careca e mexia nas madeixas.

Eis senão quando esta beatitude foi agitada pelo ruído de um rotor de helicóptero.

A Cofina fazia o seu voo de reconhecimento.

Ele acenou para ela, ela acenou para ele, lá do alto.

Tocou o sino e a seguir a orquestra. Os telemóveis ficaram no bengaleiro e ninguém pôde tirar fotografias.

O souflé de gambas estava espantoso. Mas foi no arroz de patos que todos se lambuzaram. ATT pensou que o estavam a homenagear e não ousou tocar no pato, perdão, no prato.

Seguiu-se o baile, não sem que antes todos lhE pedissem para declamar Régio.

Assim foi. As musa sempre antes da tusa.

Sua majestade, Ele, entregou-se nos braços da amada já a noite ia longa. Esta cena ninguém poderá cortar.

Na mesa dos rissóis, um croquete libidinoso penetrava uma chamuça.

E foi então que um melro cantou na Quintas das Alfaias. Algures num obscuro gabinete lisboeta, o funcionário da PJ pensou que era uma interferência.»

5 comentários:

Anónimo disse...

Dedica-te á pesca pois como novelista não vais lá...

Anónimo disse...

Li "isto" na Net:

"Portugal é um país onde o sucesso é sistematicamente criticado, invejado e condenado."

Será verdade ?

Anónimo disse...

Eu bem sabia que afinal o teu Padrinho te tinha convidado ..
Quando é que publicas as fotos desse casamento de pecado para ver essa vacaria toda e os otarios cà fora a ver as limousines ???$$$

JP

Vivó Porto disse...

Sim senhor um post bem humurado sobre a recauchutagem matrimonial de Pinto da Costa.
Só fiquei desiludido por, nas varias notícias que li sobre o evento, não encontrar nenhuma referência ao recordista Cartaxana. Será que não foi convidado para a matrimonial ocasião? Eu acho que, sendo ele um figadal inimigo de Pinto da Costa, faria todo o sentido ter direito a convite do lada da branca e radiante noiva.O branco é claro, refere-se à "pureza" da noiva, não à côr da sua pele.
Preparemo-nos agora para a repetiçao da entronização da alternadeira,que também há-de chegar, logo após o Benfica sentir que dali já não mais nada a explorar.
Não há nada mais ridiculo que um velhinho baboso armado em engatatão.
Desde que ao menos não as leve de volta para o club...

Anónimo disse...

É só o Cartaxana? Não vás tão longe...

A inveja e a dor de coto, moram bem mais perto, não é ó génio?