AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, outubro 09, 2007

BESSA XXXI


Diálogo no elevador do Bessa para o camarote principal, antes do Boavista-Belenenses, entre passageiros frequentes do estádio boavisteiro.


- Ò pá, tenho de lavar as mãos, sujei-as a mudar um pneu...

- Sai no terceiro...

- Será que ainda há líquido na casa de banho?


Como é sabido, a situação financeira do Boavista é crítica. Um jornalista teve mesmo a ousadia, hoje, de perguntar a João Loureiro se o seu clube não corre o risco de ser outro Salgueiros. Loureiro, que convocou uma conferência de imprensa para anunciar que se demite, disse que não e que a gestão do clube nos últimos 4 anos tem sido boa. O problema é o que todos conhecem: o Euro 2004.


Loureiro não quer ser mais insultado e daí a ameaça. O presidente demite-se mas continua em funções e disponível para se recandidatar. Há quem veja nisto apenas "show off". Não o discuto. O que é evidente é que este Boavista está esganado e que Jaime Pacheco tem parquíssimos recursos, quase minimais.


O Boavista bateu no fundo. Mas a questão continua a ser: quando é que pára de cair?

PS - Abaixo de cão a posição do "Cantor" sobre Jaime Pacheco, de quem, claramente, se quer descartar...

4 comentários:

Anónimo disse...

Boavista e Leixões na segunda... soa-me bem, muito bem...

Bruno disse...

Da gerência do boavista não sei muito.. mas repare-se neste pormenor... um clube que joga numa segunda feira.. as 8 da noite.. que pede 20 euros de entrada para os lugares mais baratos... e no fim ainda somos obrigados a procurar papel nas casas de banho para limpar o banco onde nos queremos sentar...

ah claro.. basta dizer que se tratava de um Boavista x Académica... enfim... o pessoal do futebol continua não entender o conceito de espectaculo!!

Anónimo disse...

o problema é que loureiro já deu o que tinha a dar. Agora quer fazer como o Jardim e perpetuar-se no poleiro. os boavisteiro já deram de mais para este peditório. dê oportunidades a gente séria, carago.

Zé da Póvoa disse...

É uma vergonha o que se passa, mas a culpa não será só dos Loureiros. Para quê fazer um estádio daqueles para uma massa associativa que nunca junta mais de 2 mil pessoas ? Se quisesse ser má-língua até diria que todo aquele investimento desmesurado serviu para lavar alguma coisa !!!