AGORA ESTOU AQUI

sexta-feira, setembro 28, 2007

VÍTOR PEREIRA


Não será hoje nem amanhã que a Liga vai assumir que Vítor Pereira foi uma espécie de erro de casting. Tudo bem, acontece. Aquele que foi o mais consagrado árbitro português dos últimos 20 anos, e que tive oportunidade de ver despedir-se numa final da Taça UEFA disputada em Roterdão, fala quando não deve falar e está calado quando devia estar a falar. Acredito que será ele a fazer a sua gestão de imagem - pormenor de que tanto cuida... - e quanto a isso batatinhas. Hoje, no DN, mais uma vez VP dá um tiro no pé ao afirmar que não vai ficar muito tempo na arbitragem na condição de dirigente. Se ele o diz... Mas diz tambem que o facto de ter sido actor durante dez anos o ajudou muito na arbitragem. Ok, regista-se. O que sei é que os nossos árbitros já têm muitas saudades de Luís Guilherme. Apesar de tudo, atirava-se para o chão, não tinha sede de protagonismo e não se atrevia a inventar leis do jogo. Parece pouco mas não era mau atendendo ao que se vai vendo...

1 comentário:

Anónimo disse...

Este tipo é o exemplo acabado de um medíocre vaidoso a ser levado às costas. Foi um árbitro medíocre, está a ser um dirigente ainda pior. Que vá depressa que não faz cá falta nenhuma.