AGORA ESTOU AQUI

segunda-feira, agosto 27, 2007

AURÉLIO PALHA


A morte, a tiro, esta madrugada de Aurélio Palha confirma apenas o clima de terror que se vive na noite portuense. A situação está, em definitivo, descontrolada. Pela segunda vez em duas semanas, a Rua Manuel Pinto Azevedo, no Porto, foi palco de acções mafiosas. Desta vez, a vítima foi Aurélio Palha, um adepto muito especial do FC Porto. Dono do bar/restaurante Mostarda, do restaurante Porta 21 (no Estádio do Dragão), da muito in discoteca Chic, de um grande ginásio na Foz e da Rádio Nova Era, entre outros investimentos, Palha era um amigo com quem conversava muitas vezes, sempre que o encontrava no Mostarda e nas deslocações do FC Porto (não falhava uma). Foi por sua iniciativa, aliás, que um grupo de adeptos se deslocou à Corunha numa limusina, aquando da meia-final da Champions que o FC Porto ganhou, em 2004. Aurélio prometeu que iria à final de avião mas acabou por não ser possível. Recordo ainda um regresso atribulado do FC Porto de uma viagem ao estrangeira, na qual Aurélio "puxou os colarinhos" a Co Adriaanse, após uma derrota. "És um burro", disse na cara do holandês, antes dos ânimos acalmarem. Conselheiro habitual de Pinto da Costa, este grande empresário da noite portuense esteve também, muito recentemente, para se tornar presidente do Leça, com um projecto que visava o regresso da equipa de Matosinhos ao primeiro escalão do nosso futebol. O projecto ficou em banho-Maria depois de a Câmara Municipal de Matosinhos se ter cortado em relação a alguns apoios.

Uma morte é sempre uma morte mas a brutalidade desta deixa-nos a pensar. Nunca mais vamos ver o Aurélio nem ouvir as suas histórias sobre os bastidores do futebol. Tudo ficará, porém, na nossa memória. Que descanse em paz pois os próximos tempos adivinham-se complicados. Uma guerra pode estar a estourar.

45 comentários:

Adérito disse...

Não conhecia o Sr Aurélio Palha, mas lamento aa sua morte e da maneira que foi, o que já começa a ser habitual, é tempo de se tomarem medidas para que tudo volte à normalidade. Venho comentar este assunto a propósito de há uns anos houve várias mortes nos estádios, no estrangeiro e em Portugal, toda a imprensa se virou contra o futebol. Agora era tempo de os mesmo senhores questionarem as opções economicistas dos governos de desinvetir na segurança e assim por em risco a vida dos cidadãos, sim que estes últimos factos de mortes na noite do Porto tem muito destas opções. O Senhor Palha era pelo que li neste Blogue um homem da noite, portanto lidava com homens da noite, como seria o seu relacionamento com os outros(as) da noite? aqui fica a questão...

Pedro B. Fernandes disse...

Bárbaro.... Que descanse em paz, amigo Aurélio. Até sempre.

Pedro disse...

Melhor, post impossivel, eu amigo pessoal do aurelio digo te melhor descriçao era impossivel.... amanha todos juntos pelo aurelio

Saudade disse...

O Aurelio foi o amigo dos estudantes durante os muitos anos de Queima das Fitas no Palacio.
O Aurelio foi o amigo de muitos jogadores que jogam no futebol nacional e internacional.
O Aurelio foi o amigo de muitos sem-abrigo abandonados pela familia nas "valetas" da Vida.
Por causa de nada um "pulha" roubou-nos o nosso AMIGO!

Anónimo disse...

Mais uma noite em Palermo...

Anónimo disse...

ele foi á final de aviao, nao foi foi de aviao privado.. O MELHOR PATRAO DO MUNDO

Anónimo disse...

é inacreditável o que se passa no Porto..

A polícia tem medo de agir.. CHAMEM A MERDA DO EXÉRCITO!!!

MAS ISTO NÃO ACABA???

ANda um clima de terror,e anda tudo a armar-se.. merda de País.

já me esquecia,o País é de Alverca para baixo...

é esse o teu País,não é Eugénio?

Miguel Graça Moura Pereira Leite disse...

Um abraço, até sempre.

triste, muito triste disse...

mas porque o mataram??

Milton disse...

Foi com muita pena que recebi a noticia da morte do Aurélio. Conheci-o num jogo de futebol de sete, disputado no complexo desportivo de Castelo da Maia. Logo na altura pareceu-me ser uma pessoa muito boa, o que depois vim a confirmar com os restantes jogos que lá disputamos. Uma pessoa bem disposta e com muita vontade de viver. Pode parecer um clichê, mas sinceramente é o pensamento de uma pessoa que privou com ele durante algum tempo, pouco, mas proveitoso. Quanto ao comentário do Sr. Adérito,permita-me que o comente, mas sinceramente, acho que nenhuma relação por muito má que fosse, justifica um ataque barbaro a um homem, que podia ser da noite, mas não deixava de ser um homem. Atacar assim um homem, não acho correcto, mas isto é só a minha opinião que vale o que vale e nada mais. Descansa em paz Aurélio.

Anónimo disse...

Afinal aqui o nosso amigo Eugenio apenas publica o que lhe interressa ora vamos la ver ???
Ou ainda vou ser banido ???

Ricardito disse...

A questão que temos que ter em maior atenção é tentar perceber o porquê da policia não reagir.

E porque não reage? Porque também está envolvida nalguns negócios com empresários da noite e não interessa andar a mexer na lama, porque as próprias mangas das camisas deles já estão enlameadas.

Hugo Boss disse...

Conheci o Aurélio há mais de 15 anos num pequeno ginásio na Rua Santos Pousada - Ginásio Delta, onde treinavamos muitos, ainda antes de ele ser dono do seu próprio ginásio. Já na altura era um senhor da noite portuense. Para os amigos era um verdadeiro amigo. Infelizmente sempre imaginei que uma fatalidade destas lhe pudesse acontecer, pois existia muita gente que não gostava dele. Comigo, foi um bom conselheiro.
Descansa em paz, Aurélio. Até Sempre!
Hugo - Ginásio Delta 1994/1995/1996/1997

Anónimo disse...

Isto está muito mal. Anda por aí muita gente descontrolada e desmiolada e depois mata-se um tipo na maior das calmas, porque também se forem apanhados são meia dúzia de anos de férias na pildra e vêm fazer mais merda cá pra fora. Até aqui no blog há muitos gajos que não sabem comentar nada sem insultar debaixo do anonimato dos cobardes, porque se fosse cara a cara, pareciam uns cordeirinhos mansos.Eu se fosse o Eugénio não estava com diplomacias: comentários ordinários ou insultuosos, apagava-os todos.

Anónimo disse...

THE VOICE

A noite do Porto já não é o que era...infelizmente!Só hoje fiquei a saber da morte deste homem ( bom amigo que já não via á algum tempo), que conheci quando ele ainda era um simples segurança da noite (Discoteca DACASCA na praia de Cortegaça)!Era eu ainda puto quando o conheci e sempre foi 5 estrelas comigo!
Sei de muitas coisas que ele fez na vida para ele chegar aonde chegou, mas quem não as faz hoje em dia (de uma forma ou de outra, neste país onde o diabo deixou o cagalhão??????)
Ele era amigo do seu amigo e inimigo do seu inimigo!Agora pergunto quem não o é?É muito facil falar da vida dos outros...Já a minha avó dizia que pimenta no cu dos outros é refresco!

Eu sei quem tu eras e isso é o que vai ficar comigo para sempre Aurélio!Descansa em paz, estejas aonde estiveres:-(

PS:NINGUEM TEM O DIREITO DE TIRAR A VIDA A NINGUÉM...!!!!!!!!!!!!!

miguelito disse...

quem tiver hi5 e quiser mostrar os seus respeitos ao Aurélio, pf clique em "miguelito" para ir ter ao meu perfil no hi5 e daí encontra facilmente o grupo criado para o recordar com eterna saudade.

Anónimo disse...

Eu não conhecia o Sr. Aurélio Palha e raramente saio à noite, nomeadamente na noite portuense.
Porém, esta noícia não deixou de me indignar, assustar... recear.
Obviamente que partilho da opinião do The Voice, "ninguém tem o direito de tirar vidas" e não vou assumir a posição evasiva do Sr. Adérito, que questiona a conduta social do Sr Aurélio Palha.
Neste testemunho pretendo apenas referir que o pânico que se vive na noite do porto é fruto, sim senhora, da ausência de interevnção das forças policiais... mas é sobretudo resultado do mau carácter, má conduta, má formação... do conjunto de pessoas que vivem do negócio da noite e de tudo o que lhe é associado. O estéreotipo social que descreve os empresários da noite como pessoas de má formaçãopessoal adquire, neste momento, toda a legitimidade.
"Sei de muitas coisas que ele fez na vida para ele chegar aonde chegou, mas quem não as faz hoje em dia"; "amigo do seu amigo e inimigo do seu inimigo"(referido por the voice em cima)... com este pensamento, obviamente que que a criminalidade proliferá numa medida descontrolada...
Remato com uma frase de Einstein, deixando à interpretação e consideração de quem se designe ler este comment: "Há duas coisas infinitas: o universo e a estupidez humana. E quanto à primeira não tenho bem a certeza." Albert Einstein

Anónimo disse...

Conheci Aurélio, há muitos anos na noite de Esmoriz (Smile Bar)e no Dacasca,grandes noites eram até ás tantas, naquela altura havia noite animada, tenho a imagem do Aurélio a sorrir sempre bem disposto.Era amigo do seu amigo e não tão amigo dos seus inimigos.
A noite e o dia cada vez mais temos de saber lidar com elas, só quando acontece coisas destas é que nos lembramos.
Até sempre amigo Aurelio.

João

Anónimo disse...

É de lamentar mais uma morte na noite Portuense.Não conhecia o Sr Aurelio Palha pessoalmente,só de vista,e dos tempos em que ele era segurança.
ouço comentar por pessoas ligadas ao meio que ele tb n era "flor que se cheire"...
A sua ascensão a "senhor da noite do Norte", parece ter muitos "rabos de palha"...
Bem, o que importa aqui falar é que realmente a noite e o dia também,em Portugal estão a ficar perigosos em varios aspectos. Culpa de quem?? Dos governantes? Das pessoas em si? É de todos, pq os valores, o respeito, acabaram-se hoje em dia. Todos querem ser ricos e poderosos, e n se olha a meios para lá se chegar...sejamos realistas.
Olhem para o que lhes digo, não há-de faltar muito para estarmos piores em Portugal, em relação á criminalidade, do que no Brasil...
Falo com conhecimento de causa...
Sentimentos á familia...pois são os que mais sofrem.

dimartin disse...

For me, que não frequento essa noite e não conheci o Aurélio, a ler que era um tipo bom, amigo de viver e dado à folia, retenho só esta coisa simples, que ninguém é tão perfeito que não suscite inveja entre os que competem com ele, como entre as máfias, famílias de super-heróis, fantásticos, que só não toleram quem alcança o sucesso e um momento não se resguarde dos imponderáveis que espreitam.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

É sempre chocante a morte de uma pessoa de uma forma tão brutal, contudo penso que todos sabemos, sem ingenuidade, do perigoso mundo dos negócios paralelos`aos das "portas abertas na noite". Seria bem mais proveitoso, usarem este blog para alertarem, os comuns clientes da noite nortenha, dos locais mais susceptiveis a que estes incidentes ocorram, não vá ainda um tiro acertar num coitado inocente.

Anónimo disse...

A propósito de uma frase que li num post anterir, "... noite e o dia ... estão a ficar perigosos em varios aspectos. Culpa de quem?? Dos governantes? Das pessoas em si? É de todos, pq os valores, o respeito, acabaram-se hoje em dia...", que concordo obviamente, venho reforçar o meu testemunho de ontem. O perigo que se instalou na noite do porto, bem como noutros locais, é maioritariamente fruto da ambição patológica e desmedida das pessoas. Da ausência de valores, da má conduta, da má formação pessoal e social. eu penso que as pessoas que estão a participar neste fórum são oriunda do negócio da noite, amigos do Sr. Aurélio, pessoas que privavam com ele de perto, enfim... Eu apelo a estas pessoas que reflictam na sua conducta, nos seus valores e acima de tudo que avaliem a relação que mantêm com os outros, com as outras pessoas. Que avaliem os seus comportamentos sociais, que avaliem as suas atitudes para com os outros. E que posteriormente concluam imparcialmente,... e não deixem de ter como referência o trágico desfecho da vida de Aurélio Palha. E assim eu pergunto, valerá a pena viver uma dezena ou até mais anos de boa vida, com bons carros, viagens, casas... festas? O melhor será mesmo aceitar a nossa condição e tentar viver o melhor possível com ela,não deixando obviamente de lutar e evoluir na vida, porém com dignidade e respeitando sempre os outros...

Anónimo disse...

Só entra o que te interessa és um triste o Eugenio

Anónimo disse...

aurelio palha.
uma gajo 5 estrelas.

Anónimo disse...

Na minha opinião o trabalho das nossas polícias devia simplesmente ser de qualidade suficiente para que não sejam necessários seguranças nas discotecas, que não passam de montes de musculos que só querem é bater num desgraçado que bebeu um pouco demaise tropoeçou numa enjoada qualquer, bem esta era a minha visão de seguranças de discotecas, mas pelos vistos são tambem assasinos

Anónimo disse...

Já foi tarde...

Anónimo disse...

um scarface á portuguesa

Anónimo disse...

pois pois mais um amigo da onça .que se foi

Anónimo disse...

o Eugenio e a voz da noite???

Anónimo disse...

o Eugenio ,sabe como funciona a mafia no porto

Anónimo disse...

A OU NÃO A MAFIAS NO PORTO Eugenio , DIZ AGORA QUE NÃO?

Anónimo disse...

OS MAFIOSOS DO PORTO E OS SEUS AMIGOS NÃO E Eugenio ......

Anónimo disse...

O Eugenio è os seus" AMIGOS " das noites do porto...

Anónimo disse...

o Eugenio no seu melhor....

Anónimo disse...

Quem com ferros mata com ferros morre

Anónimo disse...

Desculpem lá, mas o mais giro é a capa do CM um ou dois dias depois - Terror das discotecas (não me recordo se era bem isto) chega a Lisboa.

Sim...porque em Lisboa também há disto. Mas o que me fez rir, foi o "chegou" a Lisboa.

Terá vindo do Porto?!....Aurélio Palha, viagens ao estrangeiro com o FCP, FCP, Pinto da Costa, ui! investigue-se já!

LOL

Anónimo disse...

Amanhã, dia 27 de Setembro faz 1 mês que o Aurélio partiu!!!!
Ele sempre foi um grande homem, amigo do seu amigo, amado pela família.
Aurélio, tu estarás para sempre no nosso coração.

Anónimo disse...

Não conheci o Sr. Aurelio, apesar de ter treinado com um dos seus alunos no ginasio delta.
Se era bom homem ou não, convem vincar sempre de que não somos ninguem para tomar o lugar de extreminador implacavel e liquidar uma pessoa a sangue frio (...a não ser claro que a nossa propria vida ou a dos nossos esteja em risco, nesse caso antes os outros que nos...) o que não me parece que fosse o caso.
É realmente uma pena que cada vez que vamos saír à noite para nos divertirmos e saliento, DIVERTIRMOS, estejamos inevitavelmente sobre tensão e ansiedade.
De qualquer forma estou tão farto da violencia e do sentimento de instabilidade na noite que sinceramente me leva a escrever isto "matem-se os mafiosos todos uns aos outros, mas deixem os inocentes das vossas guerras em paz". Pois se isto não pára, acredito que cada pessoa lesada pela violencia dos tais musculados da noite irão usar esta frase de um celebre general... " Meu Deus, tem piedade dos meus inimigos, porque eu não vou ter."

Que o senhor Aurélio descanse em paz.

André Paiva

Anónimo disse...

27 de Outubro 2007

Hoje faz 2 meses que desapareceu o Aurélio...

O nosso coraçao ainda chora como se fosse hoje.

Serás amado para sempre

AURELIO descansa em paz

Anónimo disse...

tenho saudes je tio !! @ ate sempre

Anónimo disse...

Se o AURELIO fosse vivo, hoje dia 14/02/2008 fazia 42 anos...
Hoje os teus pais, a tua filha,irmãos, sobrinhos, cunhados, tios e os teus verdadeiros amigos...
Desejam-te um Feliz aniversário junto de Deus...
Vamos amar-te para sempre...

Anónimo disse...

ate hoje sentimos sua falta vc foi um bom patrao trabalhei no mostarda vc era fixe ... descança em paz ....

Anónimo disse...

sr aurelio vc era uma pessoa muitoo amiga sou grata a vc e sua familia foi vc que me deu emprego no mostarda e era uma pessoa otimo vc vai estar sempre em nossa memoria

Anónimo disse...

Já passaram 18 meses após o assassinato do Aurélio e continua tudo na mesma, infelizmente não deve haver muto interesse para descobrirem quem foi que te assassinou. Quem foi o mandante… isto é mesmo revoltante
A dor e a revolta de estarmos sem ti, cada dia que passa é maior…
O que estou a sentir agora é uma revolta, foi a mesma coisa que senti quando recebi a maldita noticia que tinhas sido assassinado… maldito dia 27 de Agosto 2007…