AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, julho 03, 2007

DIA ZERO


Campeão de volta ao trabalho numa manhã morrinhenta. RTP, DN, JN e Record ficaram à porta. Mais do mesmo.

25 comentários:

Anónimo disse...

Então hoje não comentas o jogo do Cardozo?

nandao disse...

O pintinho não perdoa.
Só o atacam... e com razão, mas ele está com muito medo.
Só processos atrás de processos, a era dele está a ir por água a baixo.
Penso eu de quê!

Pedro Reis disse...

Ficaram à porta e muito bem!
Porque quem não sabe tratar com isenção um clube que merece, no mínimo, tanto respeito como os outros, não é digno de frequentar as instalações do clube.

E o caro jornalista responsável por este blog está longe de ter a "folha limpa".

Eu, como simples adepto, prefiro assim ainda que possa não ter todas as notícias que gostaria do meu clube.

GoncaloF disse...

Acho muito bem que tenham ficado à porta e não deviam ser só eles.. Inventam histórias e passam a vida a denegrir a imagem do FCP e depois querem entrar em nossa casa?? Que grande lata...

Em minha casa também só entra quem eu quero e quem me quer bem!

Anónimo disse...

Mas afinal o JN n era um dos jornais controlados pelo Pinto da Costa?

Como explicas isto?

Eles Andem Aí! disse...

Isenção com isenção se paga!

Barbeiro de Sevilha disse...

Os "papagaios", quando passam muito tempo a pragejar, metem-se dentro de uma gaiola... ou na rua!

Voces não sabem o que têm feito?!? Agora v~em para aqui armadas em virgens ofendidas...

Anónimo disse...

estavas à espera do quê,seu fedorento?

Anónimo disse...

E, pelo que sei, o 24 Horas e o Correio da Manhã nem se deram ao trabalho de ir lá, pois, caso contrário, eram quase tantos os que ficavam à porta como os que eram "autorizados" a trabalhar. E o vosso sindicato, nada diz?

Anónimo disse...

deviam era ter sido empalados...

Anónimo disse...

Cá por mim, deviam ser proibidos de entrar nos próximos 100 anos.

É por estas e por outras que já não entro nas Antas há 30 anos.

Passem bem.

Au revoir.

chefe disse...

O JN e DN devem neste momento a pedir desculpas de joelho ao Grande Timoneiro

Anónimo disse...

Esqueceste-te ou o CM não está na lista negra?
Ou já sabiam o que os esperava, ou a morgadinha, nas suas funções de chefe da redacção da folha da tua patroa, aconselhou-os a brilharem pela ausência...
Ou então - são tudo "supônhamos" - era o Manel Queiroz, recém saneado, quem devia marcar a agenda...

ruizinho disse...

«Cardozo mandou uma bola para a bancada e só mostrou o cabedal.»

E agora, não dizes nada? ou não passas de mais um jornaleiro pau-mandado?...

Anónimo disse...

Corrupção no porto nãoooooo!!! Nãooo posso acreditar em tais disparates. É nisso e na existência de vida inteligente no dragão...

borealis disse...

dps nao se admirem dizia eu.

talvez agora reflictam melhor antes das levianas capas sensacionalistas.

M.J. disse...

E ficaram muito bem. Vão fazer reportagens pró Seixal que lá é que vocês estão entre os vossos.

Anónimo disse...

Já estive dos 2 lados da barricada. Alternei (não no sentido "calor da noite" da palavra) entre os excluídos (vulgo mentirosos vendidos ao poder dos jornais sulistas) e os yes-man que por auto-censura e um fechar de ohos constante tiverem o "previlégio" de assistir de perto aos treinos e outras actividades do fcp.
Entre ter o meu trabalho limitado pelo extremo rigor portista que não dá lugar a críticas e pratica uma política de "ou estás comigo ou és do inimigo", sinceramente prefiro fazer o meu trabalho livre de restrições à liberdade de expressão, com todas as limitações e trabalho redobrado que daí resultam.

Apesar de durante anos estar do lado de fora, o nosso maior trunfo (do orgão que represento, entenda-se) foi o facto da grande maioria dos nossos leitores nunca se ter apercebido que estavamos votados à exclusão. As notícias aparecem sempre. Sempre.

Com esta política, o fcp volta as costas à modernidade em termos de comunicação e marketing, ilude os sponsors, coleciona inimigos e fecha-se cada vez mais sobre si mesmo e sobre os seu grupo de escrivas-lacaios que pintam diariamente o cenário que eles querem mostrar ao mundo. Seja ele cor-de-rosa ou dourado, como está mais em voga nos últimos tempos.

Enquanto a equipa continuar a ganhar, nesta política também não se mexe. Mas é garantido que num inverter desta situação, o prego vira o bico e as aves agoirentas e os abutres esfomeados sairão em busca da sua dose de mal-dizer.

Outras grandes equipas já entenderam que a relação com os media passa pelo equilibrio e pela inteligência na gestão desse relacionamento.

Mas os próprios media também não estão isentos de culpa neste caso. Sobretudo porque em Portugal, como classe, não funcionam, não tem força nem coesão suficiente para enfrentar blackouts com 'cojones' como os nossos hermanos tão bem fazem. Ainda temos muito que aprender....e o fcp também.

Anónimo disse...

viva a democracia!

Anónimo disse...

Caro Eugénio Queirós,
desculpe que lhe pergunte uma coisa: está orgulhoso do trabalho que a comunicação social tem feito relativamente ao FC Porto?

Acha plausível que eu, como portista, e cada vez que abro 4 ou 5 jornais ao calhas, diga também «mais do mesmo»?

Aceite os meus melhores cumprimentos,

José Carvalho
Administrador do Portal dos Dragões
http://www.fcporto.ws

Anónimo disse...

Há aqui uma "CONVERSA DA TRETA" de um anonimo,que me deixa de pé atrás...

Anónimo disse...

Equilibrio e inteligencia???!!!...

eugenio disse...

Jose Carvalho, antes do mais parabéns pelo vosso portal - 5 estrelas!
Quanto ao "mais do mesmo", é compreensível: são tantas as limitações e tão pouca a informação libertada que se fica numa espécie de beco sem saída. A diferença fica dependente da criatividade e da capacidade dos jornalistas para espreitar atrás da cortina (o que, por norma, não agrada aos "homens do presidente")

Cumprimentos
EQ

Anónimo disse...

È telefonarem ao ManuelMariaCarrilho que "ELE" sabe ao que parece, como a "COISA" funciona!!!!

Anónimo disse...

São os maiores, o que mais é que se lhe quer?

Que a cada ano que chega e se vai desenrolando, o FC Porto revela-se a melhor das equipas, merece adiantar-se logo no campeonato e, não fosse a maioria tendenciosa de árbitros e auxiliares e CD da Liga, pró-segunda-circular, era seguro que teríamos sempre aquele glorioso por mérito e sem espinhas no ouro da vitória final

mas isso está à vista de toda a gente, até dos adversários

amélie