AGORA ESTOU AQUI

quinta-feira, junho 14, 2007

VÍTOR BAÍA

A apresentação de Vítor Baía como director das relações externas do FC Porto não...apresentou um Vítor Baía muito feliz. O "timing" também não foi o melhor - um dia depois de conhecida a acusação de PC no FC Porto-Estrela - e os comentários que se fizeram a propósito deste lance oscilaram entre o mau gosto e o exagero. Não creio que fosse este o cargo que Baía desejava para si porque vai estar algo distante da equipa. Um embaixador não é um ministro e, como todos sabem, pode ficar esquecido durante muitos anos numa ilha do Pacífico ou na casa do FC Porto em Fornos de Algodres. Baía é um homem inteligente e saberá fazer o seu caminho, sem querer atropelar ninguém e sem precisar de ser cúmplice de algumas pessoas que estão na estrutura da SAD como lapas se colam às rochas das praias de Leça da Palmeira. Acredito que Baía será capaz de nos surpreender neste novo cargo, o seu primeiro passo no mundo do dirigismo desportivo, em definitivo a sua opção de vida.

O Vítor merece toda a sorte do mundo pois é um homem sério e bom.

9 comentários:

Trinco disse...

o Vítor Baía nunca será esquecido. Isso é um dado garantido. O Baía junta-se agora ao núcleo duro do FCP. A geração de Ouro do dragão com o Jorge Costa, Domingos, Paulinho Santos e alguns mais velhos como o Rui Barros, João Pinto e Fernando Gomes.
Todos estes Homens são o FC Porto que me corre nas veias. Foram eles que me deram as alegrias e é com eles que um dia sonho o meu clube a ser liderado. Uns têm mais capacidades que outros, mas todos têm o seu lugar. Não vejo o Baía como treinador, mas sim como um presidente - tal como Fernando Gomes e possivelmente, numa fase futura, o Jorge Costa -.

Em suma, estes jogadores poderiam formar novamente uma equipa que, como muitas vezes foi, será vencedora.

Sonhar é grátis...

Anónimo disse...

Porquê?
Muito embora não esteja em discussão o valor da representatividade no FC Porto, o Vitor Baía merecia, a exemplo do que se faz com o Eusébio, um lugar de embaixador mas na FPF. OU até mais que isso. E baseamos esta pretensão no facto de andar pela FPF endeusado um tal Paulo de Sousa que, embora tivesse sido um bom futebolista, está longe de ser laureado como o Baía. Ou não será assim?

Anónimo disse...

O bibota só se for para técnico das chuteiras... E mesmo assim!
Vitor Baía é outra louça. Talvez um dia lá chegue embora ainda tenha muito que aprender com o presidente Pinto da Costa.
Esse sim, sabe mais a dormir que os outros com os olhos abertos.
Essa é que é essa...

Anónimo disse...

Eu como Benfiquista, respeito Baía. Nunca foi um jogador que necessitasse de faltar ao respeito aos adversários para ficar bonito com os andrades grunhos.

Por isso o ano passado levou uma salva de palmas no estádio da Luz no jogo Benfica-fcp.

João disse...

Finalmente o Porto tem o seu Eusébio. Nem percebi bem o nome do cargo, mas não é grave, como disse EQ o objectivo é que ele seja um embaixador e solte uns sorrisos e tire umas fotos numas viagens ao estrangeiro. Duvido que ele seja assim tão conhecido lá fora, mas vou esperar para ver. Agora só falta o Sporting ter o seu embaixador. Espero que não seja o Sá Pinto, seria uma tristeza um flop daqueles ser a imagem do clube.

Anónimo disse...

Que chatice, o suplente mais esperto e (por isso) mais idolatrado de Portugal e o suplente com mais titulos no Mundo, vai deixar o Jesualdo abandonado no banco! Não se faz!Ainda por cima agora querem-no despachar para o estrangeiro. Sinceramente!

Careca disse...

Relações externas....
tinha que ser mesmo exterior...

mosquito disse...

Está visto!
O Pinto da Costa despacha todos aqueles que o podem afastar da teta, mesmo que sejam correctos e honestos.

macxdream disse...

O vitor "balizas" foi o guarda redes com mais classe que passou pelo futebol mundial, até a ir buscar a bola ao fundo das redes ele tinha muito mais classe que qualquer outro!!!!!eheheheh.
Força balizas és o máááááiiiiioooooorrrr!!!!!!!!