AGORA ESTOU AQUI

domingo, junho 17, 2007

TEMOS CRAQUE!

Hermínio Loureiro, o presidente da Liga, não é homem para dar muitas cambalhotas (não é aquilo que já estão a pensar!...) mas sábado, num jogo com os reclusos de Paços de Ferreira, integrando uma equipa de árbitros, não pôde evitar o tombo. Confirma-se também a elasticidade da espinha deste Loureiro que chegou à Liga com a intenção de moralizar o futebol profissional português. Ainda bem que, tal como a imagem de Paulo Esteves ontem editada pela "A Bola" confirma, não dispensa o uso de caneleiras. E isto sim é um desporto radical, bem diferente de corridas para entretar na Praça Vermelha ou no calçadão de Ipanema...

4 comentários:

joaquim agostinho disse...

Um jogo entre árbitros e condenados pela justiça é um pleonasmo ( ou deveria ser, isto é deveriam jogar na mesma equipa).

eugenio disse...

Bem, destes, dos condenados, já não se pode dizer que são presumíveis inocentes...

Anónimo disse...

De cu pò ar?...

É Loureiro ou árvore
assim stéril, a apitar.

Apito afiado disse...

Se calhar alguns até foram inocentes, ingénuos, enganados, apanhados em armadilhas, etc.

Agora os árbitros da fruta, dos chocolatinhos e das notas frescas na casa do Bimbo não têm nada de inocentes.