AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, junho 26, 2007

RUI E OS BILTRES


Já dizia Marshall McLuhan que um intelectual é alguém com um saber muito específico mas que se pronuncia sobre todos os outros assuntos. O mesmo pensador disse também que a indignação moral é a única forma de um idiota se revelar. Vem isto a propósito do debate de ontem dos prós e contra a propósito do Porto. Perante uma plateia que fazia caretas e que se torcia, Rui Rio teve o patrocínio de Belmiro de Azevedo e mostrou mais uma vez o porquê se ser presidente da Câmara aparentemente contra tudo e contra todos, mesmo contra os fundamentalistas de canteiros com mimosas nos grandes espaços públicos das cidades. Se os Cardosos, os Magnos e quejandos estivessem calados ainda havia algumas hipóteses de perder. Assim, não. O que mais me surpreende neste tipo de programas é a quantidade de figurões que se prestam ao papel de simples figurantes. Extraordinário milagre de Fátima.

3 comentários:

Anónimo disse...

o fenómeno Rui Rio é complicado de perceber.

Ninguém gosta dele.Ele nada fez,e o que fez foi merda.

conseguiu estragar a Avenida dos Aliados! É OBRA!!!

a maioria dos bairros foi "comprada" ou chantageada para votar...

era interessante uma investigação jornalistica séria ao fenómeno rui rio...


"o mouro infiltrado no porto que acorda e adormece a sonhar com lisboa..."

Anónimo disse...

Curioso.....eu votei Rui Rio e não conheço o Belmiro e como eu há muitos....heheeheheh

Inquisidor disse...

Mas quem foram os candidatos que concorrem à Câmara com Rui Rio?

Alguém se lembra... ainda?