AGORA ESTOU AQUI

domingo, junho 17, 2007

FOMOS!

Apesar da "exibição excepcional", segundo a TVI, contra essa grande potência do futebol mundial que é Israel, Portugal bateu palminhas e despediu-se do Euro de sub-21. Permanece a esperança do play-off para os Jogos Olímpicos. Uma equipa que tem Manuel da Costa, Moutinho, Miguel Veloso e Nani podia e devia ter feito mais. José Couceiro mais uma vez perdeu uma oportunidade para calar a sua cada vez maior legião de detractores. O homem a quem um dia PC ofereceu uma gravata perdeu a cabeça várias vezes e creio que passou todo o seu nervosismo para o grupo. Não pode. Não deve. E deve ser chamado à pedra. A não ser que seja intocável.

2 comentários:

mosquito disse...

É intocável porque, se sair da Federação, o FC Porto tem de lhe pagar o salário e o PC fica sem um treinador que lhe promova jogadores nas Esperanças.

Zé Luís disse...

Mas vai ser chamado à pedra por quem? Pelo Madail? Pelo Shulari?
Pelos jornalistas não foi? Ou também não achas que o inimputável é que teve a culpa? Mas ninguém diz...