AGORA ESTOU AQUI

sexta-feira, maio 18, 2007

PEREGRINAÇÃO

Hoje comecei o dia com...Scolari. O "pai da nação" veio a Matosinhos participar numa caça ao viciado no tabaco. A caçada começou na junta presidida por Parada - a figura central do "caso da Lota" - e acabou na praia de Matosinhos. Atrás de Felipão seguiu uma multidão de miúdos arregimentados pela autarquia e ao lado o treinador do Leixões, Vítor Oliveira. O objectivo passava por cobrar 20 cêntimos por cada cigarro encontrado aceso. Os miúdos aplicaram-se a fundo e a Rosa Mota encheu uma latinha. Guilherme Pinto, o presidente da Câmara, abandonou o pelotão no fim da primeira recta e quase no fim da corrida apareceu Manuel Seabra para dar um abraço ao seu antigo homem da segurança, o Parada. Ninguém viu foi o Narciso (devia estar a roer as unhas). Até o líder da oposição na junta, o arquitecto António Carlos, apareceu na parada (é aquele rapaz de azul e com boa pinta à direita na primeira fila; o que está também de azul e com uma pinta não tão boa na segunda fila à esquerda sou eu). Esta espécie de peregrinação pelas ruas de Matosinhos não é mais que a confirmação do talibanismo da nova sociedade ecologicamente pura e saudavelmente progressiva. Pregar contra esta religião começa a ser difícil porque os crentes não perguntam nada a ninguém e legislam democraticamente, seguindo o exemplo dos "States", onde, como se sabe, é proibido fumar nas praias da Califórnia. O que não quer dizer que não se fume por ali. E é isto que precisamente tem mais graça para quem tem prazer em fumar. Como no tempo da lei seca, corremos todo o risco de dobrar o prazer e até de obter excelentes colheitas. Obviamente, legalizar o consumo de haxixe é bem. Porque o "chamon", consta, faz bem ao colesterol. Ao bom, claro, pois o mau é potenciado pelo consumo de tabaco corrente.
E porque perguntar não ofende: será que o chimarrão faz bem à bronquite?

[Foto gentilmente cedida por Luís Vieira]

3 comentários:

Anónimo disse...

"o pai da nação"

como tu bajulas estes excrementos santificados pelos mouros aka LOOSERS


não há lugar para ti na Amadora ou no Seixal?

Anónimo disse...

Nunca consegues despir a camisola azul?

Por acaso nessa parada não esteve o Miguel Sousa Tavares? Ah! Que estúpido que sou. Andavam por lá muitas criancinhas e as criancinhas fazem muito barulho para a cabecinha do reles senhor.

Anónimo disse...

Ih, que despeitado anonym anda aqui no seu blog, sempre, ó Eugénio.
Que mal é que o senhor fez a deus ou à virgem ou ao dianho?...
Porra, que o gajo é triste, é ronha, invejoso e sandeu!
C'um caray!
amelie