WWW.BOLANAAREA.PT

segunda-feira, abril 09, 2007

Olegarices


Para ler e reflectir:


"Há dias, Devesa Neto - que anda de candeias às avessas com Olegário Benquerença - fez a seguinte “ameaça”: “O sr. Olegário Benquerença que não me obrigue a vir dizer para a praça pública coisas que, se calhar, nem a UEFA gostaria de saber. (...) Que se lembre que eu também sei como subiu a internacional”.
Pelo que O PATO procurou investigar a coisa. Resultado dessa investigação? Pelo visto, sem ter chegado sequer a ser pré-internacional, o nome de Benquerença foi indicado à FIFA em primeiro lugar, numa lista de três nomes, incluindo no segundo lugar o nome de Duarte Gomes e em terceiro o de José Leirós. E porquê? Valentim Loureiro, na altura presidente da Liga, em entrevista a O JOGO de 1 de Janeiro de 2001, desvenda a história:
“Olegário Benquerença, na época de 98/99, classificou-se em 14º lugar e nem sequer era pré-internacional. Os pré-internacionais eram Duarte Gomes, José Leirós e Isidoro Rodrigues, mas este último tinha atingido o limite de idade. (...) Para mim, se os árbitros têm uma classificação, ela deve ser seguida. A FIFA seguiu a indicação que lhe foi enviada (pelo presidente da CA, José Luís Tavares) e aceitou o Olegário Benquerença”. (Questão d’O JOGO: “O sr. José Luís Tavares disse que Michel Vautrot o tinha aconselhado...”). O major: “Se de facto passamos para a opinião pública a ideia de que a classificação feita em Portugal não serve para nada e que isso é feito por indicações do sr. Vautrot, então vou convidar o sr. Vautrot a vir cá dizer-nos como quer que façamos o ordenamento. (...) Agora, se têm razões para defender o que fizeram, que o digam. Se foi o sr. Vautrot que disse que o rapaz era porreiro, alto, espadaúdo e falava bem inglês, bom, se as condições são essas, retirem-se os que não sabem falar inglês ou que não têm 1,80 metros de altura. Ou então ponham como condições prioritárias para se ser internacional ter essa altura, falar inglês e saber piscar o olho para a esquerda”. Foi assim: Vautrot quis e a coisa fez-se! Com José Luís Tavares no papel secundário e Duarte Gomes e José Leirós a verem passar os comboios..."
in O PATO e MAR DE MATOSINHOS

5 comentários:

Anónimo disse...

Mariquices...

Anónimo disse...

E o LB???!!!...

C.C. disse...

O LB, reconhecido lampião que tem sido levado ao colo, mais uma vez fez ontem bem o seu papel. Não foi só o penalti salvador, foram os muitos livres perigosos, alguns inacreditáveis, que mandou marcar à entrada da área contra o Beira Mar e a escandalosa dualidade de critérios disciplinares sempre em benefício do SLB. Em TODOS os lances disputados de cabeça com o Delibasic o Anderson apoiou-se ou empurrou o adversário. O sr. LB não marcou falta uma única vez! Mais palavras para quê?!

Anónimo disse...

o clube de chalana, pietra, calado, nuno gomes, machairidis, nené, entre tantos outros anda a ser ajudado pelo olegário e pelo lucilio e para que tal assim seja deu o vautrot uma mãozinha.
com empurrões por trás destes acredito que cheguem longe.

Anónimo disse...

Olegário, que é Benquerença da parte do pai, um sr. que tal, aqui há uns anos, ocupou cargos de responsabilidade na arbitragem da Federação e na AFLeiria e que acaba de voltar a ser nomeado para lider dos homens do apito na direcção do recem reeleito e Portomosense Julio Vieira.
Quanto ao Valentim, até o compreendo: "anda um gajo a controlar as classificações na arbitragem e depois os gajos da UEFA é que decidem quem vai a internacional."