WWW.BOLANAAREA.PT

segunda-feira, abril 30, 2007

EXCÊNTRICO

Figueira da Foz. As equipas entram em campo. Ninguém repara nos jogadores e nos treinadores. A figura que se destaca é aquele homem de gabardina e chapéu branco. Não há ameaça de chuva e o tempo está ameno. Aprígio Santos, um presidente sempre em foco. Mas desta vez o chapéu branco não foi sinónimo de vitória. A careca do professor brilhou mais.

Sem comentários: