WWW.BOLANAAREA.PT

quarta-feira, abril 25, 2007

EU, NÃO!


Aproveito a presente para desmentir qualquer contacto no sentido de me transferir para o FC Porto, conforme vem sendo insinuado na zona cinzenta dos comentários do BnA. Uma notícia completamente descabida, como a da agressão da jornalista que vive comigo, citada no novo livro da saga Carolina-PC. Antes do mais, porque gosto do que faço e pagam-me bem por isso. Depois, porque aos 45 anos continuo a andar de sapatilhas, só tenho um fato e uma gravata, deixo cair cinza nos teclados e apago cigarros na gaveta, frequento o ginásio apenas para dar umas braçadas, não uso gel no cabelo, falo tão bem inglês como um estivador, nem sempre reajo às piadas dos senhores feudais, não almoço nem janto com eles, quando tenho notícias dou-as independentemente da estima que tenho pelas pessoas, nunca pedi a ninguém para comentar jogos na TV ou na rádio, sou blogger e, sobretudo, porque ando nisto profissionalmente há 25 anos, nunca pertenci a um conselho de redacção, nunca reclamei um número mais baixo da carteira profissional, não uso banda gástrica (pensando bem...), quando fui chefe de redacção mandei tirar as portas do meu ex-gabinete, ao contrário do Alberto Gonçalves comovo-me com as canções do Abrunhosa, às vezes tenho nódoas nas t-shirts, sou amigo do João Freitas, o melhor que consegui até aqui foi comprar um A3 na Alemanha com 100 mil quilómetros, a minha filha de seis anos já não me respeita, sou tão lorpa que já tive de pagar quatro vezes mais valias de casas onde não tive qualquer tipo de lucro, vejo os jogos do meu clube sem usar o cartão de imprensa e pagando quotas e bilhetes suplementares, felizmente vou tendo alguma tesão, felizmente vou tendo alguns contactos e também não penso escrever livros sobre treinadores, dirigentes ou jogadores de futebol (a história faz-se todos os dias). Enfim, bem vistas as coisas seria eu o último candidato ao tal lugar de director de comunicação que andam por aí a apregoar. Como estão 345 candidatos à minha frente não corro, por isso, qualquer risco de me transformar num tipo elegante, bem falante, estruturado e saudável. Posso, por isso, continuar descansadinho a dar as minhas bufas na varanda enquanto acabo o maço de "Davidoffs" do dia, depois de um último giro pela blogosfera.

13 comentários:

Gavina disse...

Grande post Eugénio. O melhor k ja vi por esta blogosfera. Parabens

Anónimo disse...

O "ANTI/PORTISMO" da familia,pesa muito?!

Confúcio Costa disse...

É dos meus, caro Eugénio; quando estiver a libertar as suas flatulências lembre-se de que, algures no mundo, lá estará - pelo menos - outro espécime a aliviar de gases extemporâneos.

Abraço.

Anónimo disse...

VIVA A SINCERIDADE

Anónimo disse...

Muito bem, sr. Eugénio, a sua coluna é demasiado vertical para curvaturas sociais.

Quer apostar que o personagem que vai ocupar o lugar não surpreenderá ninguém?

Talvez porque se trata de um jornalista que há 20 anos já andava à boleia do Pinto da Costa, viajando para Lisboa no autocarro da equipa para fazer as crónicas dos jogos do FC Porto para o jornal em que trabalhava...

Rui disse...

"Grande post Eugénio. O melhor k ja vi por esta blogosfera. Parabens"

+1

Anónimo disse...

Eu acho ridículo dar importância a um frustrado. Aquele triste do BdB merecia tal resposta?


Já agora Eugénio sendo tu anti-portista,quem acreditaria nisso?

Anónimo disse...

Cheira-me a candidatura, com este paleio todo estas a tentar convencer alguem. Nem os pedintes guardadores de viaturas costumam ser tao persistentes. Falas, falas, mas estas a falar sempre deste assunto, ja se esta a tornar evidente de tanto interesse.

Bernardo Ribeiro disse...

Genial Eugénio.

Anónimo disse...

Vontade não te falta. Só que já sabes que não te querem.

Anónimo disse...

Discordo muito-concordo pouco: têm sido assim as minhas vindas até ao teu blog. Finalmente, porém, concordo de ponta a ponta. Que interessa chegar aos 45 anos (44, no meu caso...) e passar para director de comunicação de um grande clube apenas para alimentar a carteira e o ego?! Ambos sabemos quem foi convidado e ambos sabemos que ele tem perfil para o cargo. A vida vive-se vivendo: beijando os filhos, acarinhando os amigos, amando quem amamos, recebendo amor de quem nos ama, respirando, cuspindo, bebendo água e vinho, comendo pão e bacalhau, tentando transformar as 24 horas de cada dia num pedaço de ar puro. Só assim, EQ, a vida sabe a terra e eucaliptos.
Um abraço, amigo, daquele que contigo entrevistou em Abril de 1999 o engenheiro do penta.

eugenio disse...

Foi um prazer, Rogério.

Teixeira disse...

Do melhor que li aqui Eugénio.

Parabéns.

abraço
[[]]