WWW.BOLANAAREA.PT

quarta-feira, março 07, 2007

A ORIGEM DO APITO


É sabido que o antigo árbitro Rui Mendes deu origem ao Apito Dourado ao denunciar uma abordagem de um membro da Comissão de Arbitragem da...Liga. Para registo factual, fique-se a saber também que foi o jornalista Acúrcio Marcos, então n'O JOGO, o primeiro a trazer a lume uma entrevista com Rui Mendes. Notícia que motivou, no dia em que saiu, após algumas pressões, uma conferência de imprensa de Valentim Loureiro na sede da Liga. O major pôs as mãos no fogo pelos homens da comissão de arbitragem e ficou "obrigado" a mandar seguir o caso para o DIAP. O jornalista que deu a "cacha" nunca mais teve descanso no seu jornal e acabou "armazenado" em instalações da Olivesportos na zona industrial da Maia, até chegar a acordo e rescindir contrato. Mas como somos um país pequenino onde as coisas grandes não são valorizadas, passado todo este ano o Acúrcio continua a ser um jornalista sem jornal e Rui Mendes um árbitro sem apito. Ao contrário de outros que continuam a subir na vida e a apitar indecentemente. Fica o registo de um facto e de um crédito para o meu amigo Acúrcio Marcos, uma figura realmente incómoda para o poder da arbitragem só porque fazia bem o seu trabalho.

2 comentários:

Anónimo disse...

Que vergonha Jogo e senhor Joaquim Oliveira. Então o big boss massacra com clausuraa e encosta jornalistas que fazem bem o seu trabalho para o jornal que trabalham, neste caso, o do proprio Oliveirinha? Isto de facto é um jornalismo de pantanas, os que são bons e incomodos são afastados. Alguem percebe estes critérios? Depois aida vejo muita gente a falar mal do Acurcio. Ja nao se percebe nada...

Anónimo disse...

Mas antes do Acúrcio Marcos também houve "artes" no jornal do Joaquim Oliveira para massacrar a Manuela Brandão.
Foi a melhor jornalista a acompanhar o FC Porto, até ao dia em que deu uma cacha que desagradou a Pinto da Costa.
Obedientes, os directores d'O JOGO Manuel Tavares e Fernando Santos encostaram a Manuela às boxes, proibindo-a de dar mais notícias do FC Porto. A ela e ao Manuel Casaca.

Com toda a dignidade, a Manuela Brandão deixou de ir para a Redacção, evitando assim pisar o chão dos vermes que dirigem O JOGO, até que rescindiu o contrato.