WWW.BOLANAAREA.PT

sábado, fevereiro 03, 2007

Um jogo do catania


O jogo entre o Catania e o Palermo deu molho sobretudo fora das quatro linhas. Um polícia morreu depois de alguém ter arremesado para o interior do seu carro um petardo e a Federação italiana parou os campeonatos. É uma medida extrema mas que se aplaude. Não se pode esquecer, porém, que a violência gerou-se numa ilha italiana, a Sicília, que dispensa apresentações. O Sul de Itália, e sobretudo a Sicília, é muito mais África que Europa, quem o conhece sabe como por ali impera a lei da bola. A Camorra não foi, propriamente, uma invenção de Scorsece. Há que ter o cuidado de não confundir a nuvem com Juno e isso também terá de ser em conta neste caso. Um Catania-Palermo é quase a mesma coisa que um jogo entre a equipa do Inferno e a equipa do Corredor da Morte. Ai de quem se meta no meio...sobretudo fardado de polícia.

4 comentários:

Madjer disse...

Eugénio, não te imaginava assim tão racista. O teu pequeno texto está cheio de ignorância, afinal a causa principal da xenofobia. Coisas iguais a esta aconteceram em 2001 e em 1995, em Génova, por exemplo. Lê os jornais italianos de hoje, ou é difícil? Como bom jornalista que se esquece, já não te lembras que o FCP jogou em San Siro há um ano em estádio às moscas. Porquê? San Siro é na Sícilia? Além disso, um pouco de cultura não te fica mal: a Camorra é de Nápoles, não da Sícila, Nápoles é no continente. Já basta ao pessoal do Sul de Itália sofrer na pele o "racismo" dos do Norte, não é necessário que os portugueses reproduzam os lugares-comuns de merda xenófoba que os setentrionais propagam. Tem vergonha deste texto. E não me apagues.

Madjer disse...

Não consigo deixar de pensar na merda que escreveste. Confundir nuvem com Juno? Mas tu sabes como são os jogos entre o Inter e o Milan? E entre a Juventus e a Fiorentina? Sabes por acaso o que aconteceu em Florença, que tiveram que decretar estado de sítio, quando o Baggio foi da Fiorentina para a Juve? Eu sei porque morava lá. Tem vergonha desta merda. E que nojo é este que tu escreves, "quem o conhece sabe como por ali impera a lei da bola". Sabes por acaso de onde é o proprietário do Palermo? Será do sul? Não, é do NORTE. Então para quê escrever isto? Não tens que dar opiniões sobre tudo. Espero que saibas que é um nojo o que escreveste e que demonstra uma tua falta imensa de informação. Não sou nenhum defensor da Sicília, mas chateia-me que sejam sempre vítimas de racismo, ainda para mais quando já são vítimas da própria Mafia. Um abraço.

Alvaro Magalhaes disse...

O Madjer, vai lá vai , é o Mr Perfect.
Eugenio , admiro a tua coragem em publicar o post do Madjer, eu honestamente nao o mostrava, pois, eu tenho um blog para brincar, mas tu bom jornalista que és na minha opiniao , nao tens k levar com discursos destes.

Anónimo disse...

As vezes estes "so-called" jornalistas nao sao mais do que a mesma piparada que popula o portugalzinho! Francamente, tanta ignorancia e xenofobia!