WWW.BOLANAAREA.PT

segunda-feira, fevereiro 19, 2007

Orfandade


José Veiga deu uma entrevista à SIC Notícias, onde não foi capaz de esconder o encantamente derivado ao facto de estar a ser entrevistado por quem foi, para desmentir que esteja a pensar abrir de novo actividade como empresário de jogadores. Surpreendente foi ouvi-lo dizer que está disponível para trabalhar, como director desportivo presumo, em qualquer clube... Cheira-me a "bluff". O que Veiga quer é continuar no Benfica e o Benfica bem precisa dele. Não esquecer que Veiga chegou ao Benfica no final da época de 2003/2004 - a época do Apito Dourado -, vindo do Estoril, onde era o patrão, tendo conseguido chegar à primeira. Veiga ganhou logo uma Taça e no ano seguinte foi campeão. Ele e Vieira falam a mesma linguagem e as diversas tentativas para se encontrarem clivagens entre os dois foram falhando. Só mesmo o caso JVP iria conseguir quebrar o laço de Veiga com o Benfica. Parece claro que o ex-director desportivo do Benfica nada ganhou com o negócio, que foi o Sporting que quis fugir ao pagamento de impostos, mas a verdade é que o tribunal continua sem levantar as medidas de coacção a Veiga e sem passaporte este não pode voltar ao Benfica. Mas voltará caso o tribunal resolva impor alguma celeridade no processo. O Benfica bem precisa dele para o que falta jogar esta época pois neste momento vive uma certa orfandade. Enquanto o Sporting tem Carlos Freitas e o FC Porto o mais discreto mas não menos influente Antero Henrique, o Benfica tem um buraco numa posição que, ao contrário do que pode parecer, está longe de ser de charneira. Veiga de regresso ao Benfica é fundamental para a ambição da equipa de Fernando Santos. E hoje até aqueles que, no Benfica, não gostam dele já começam a pensar assim...

6 comentários:

Anónimo disse...

Não seria melhor mudar o nome de "Bola na Área" para "Bola na Área do Benfica"? É que, neste blog, parece que o tema de conversa é mais o Benfica do que outra coisa qualquer. O problema é que é sempre a querer descobrir fantasmas. E no FCP, nunca acontece nada de novo? Não, aquilo parece ser um paraíso.

joaquim agostinho disse...

Veiga não ganhou nada com o negócio? Essa é boa !!!

Anónimo disse...

Curioso, que hoje não vejo nenhum post glozando com os jogadores do Benfica, nomeadamente Micolli "o gordito", "quando marcará uma... tendinite", etc.

Não acha, Sr Eugénio Queirós que, embora o direito de criticar seja inquestionável, desde que não seja com o intuito apenas de destruir, por uma questão de justiça quando há que elogiar, deverá fazê-lo, mesmo que não jogue no clube do seu coração?

Anónimo disse...

Não percebo como poderia ter o Sporting intenções de fugir ao fisco. É a mesma coisa que o Sr. Eugenio pagar as compras no Jumbo e vir a ser arreliado por o imposto desse pagamento (recebimento) nunca ter entrado nos cofres do Estado.

Carlos disse...

tb axo. o verme fora do glorigozo..é peixe fora d'água. a merda tem que se juntar...para ser varrida!

Anónimo disse...

Essa de comparar o Sporting com o Jumbo é de rir às gargalhadas.
Porquê?

1 - Porque se eu propuser ao caixa do supermercado o pagamento das compras num off-shore, ele não aceita.
2- Ao Sporting foi proposto pagar as verbas da transferência num off-shore e o Sporting aceitou.

CONCLUSÃO:
Tão ladrão é quem rouba como quem fica à porta!