WWW.BOLANAAREA.PT

segunda-feira, fevereiro 05, 2007

O FUGITIVO


Vítor Magalhães, o presidente do Vitória quando este desceu à II Divisão (onde está para ficar), está a ficar conhecido como "O Fugitivo". Ninguém o vê em Guimarães ou nos arredores. Desde que as claques arremassaram uns petardos e lançaram uns panfletos na sua residência, o líder vitoriano evita ir à cidade-berço. Resultado, uma equipa cada vez mais desamparada, à espera das eleições e com 2 meses de salários em atraso. Um verdadeiro descalabro da equipa que durante os 24 anos de vigência de Pimenta Machado apenas por 3 vezes ficou atrás do Sporting de Braga na tabela classificativa. Mas o Braga hoje pertence a outra galáxia. Muito, muito distante.

6 comentários:

miguel costa disse...

Caro Eugénio, eu fui esperando mas mais este post fez com que lhe escrevesse.
Desde já lhe digo que tenho por si uma grande estima, pelo que vejo aqui descrito, pela sua postura e pela sua visão do mundo do desporto e do futebol em particular.
Leio com muito agrado os seus textos e este é seguramente um dos blogs que mais frequento.
No entanto, e desde ja dizendo que, já que a autoria é sua,o blog deve exprimir sempre as suas opiniões, devo, a bem da minha consciência falar-lhe desta sua série de posts relativos ao Vitória e a Vitor Magalhães.
Como me parece claro, o Eugénio tem uma admiração enorme por Pimenta Machado e tem-no como o Grande Timoneiro do Vitoria e do futebol da Cidade Berço. No entanto , o caro Eugénio parece esquecer-se de tudo quanto Pimenta Machado fez de mau pelo clube.
Sim que deixou o clube dotado de estruturas, sim que deixou o clube estável na liga, mas e tudo o resto?
É que não foi pela incúria de Vitor Magalhães que as contas e as dívidas do Vitoria chegaram onde chegaram; foi precisamente por Pimenta Machado.
Por mim, enquanto vimaranense,(e não vitoriano, embora pelo clube sinta grande orgulho), prefiro um Vitória na segunda liga, com os sócios exaltados e "abespinhados", mas livre de calotes e adjudicações ao já gasto "apito dourado", do que o clube na 1ª liga, à frente do Braga, mas à custa de incumprimentos financeiros e fiscais, "maroscas" de toda a espécie, e favorecimento só e apenas do senhor António, do senhor Coimbra, do senhor Pimenta e do senhor Machado. Uma ditadura é estabilidade mas não é lisura.
No entanto, deixo claro que, a cada um, a sua opinião, e muito respeito a sua, mas nunca poderia eu deixar passar esta oportunidade de defender quem, desinteressadamente, tentou ajudar o clube com honra, dignidade e rectidão,embora sem qualidade técnica.
Resta-me pedir desculpa pela extensão desta missiva caro Eugénio, e repetir que este é apenas um reparo e que continuarei a vir a esta "casa" com muito gosto pois dela "já faço parte".

Saudações

Vimaranes disse...

Caro Eugénio, tente por uma vez que seja descolar-se do seu fetiche, chamado "Pimenta". Para bem da sua sanidade mental...

Marco António disse...

Caríssimo Miguel Costa

Sinceramente não entendi o seu reparo.O que fica para a história é que Vitor Magalhães, para além de aumentar o passivo do clube e ter hipotecado uma boa parte do património, colocou o clube na Liga de Honra, uma coisa impensável na última década. Perante tal quadro não vejo o que é que Vitor Magalhães fez de bom no Vitória. Os homens respondem pelos resultados e independentemente do que Pimenta fez, o que nos vai dizer a história é que Magalhães fez muito pior.
Só pesso que ainda seja possível salvar o Vitória de uma nova despromoção no final desta época, que me parece que foi disso que Vitor Magalhães fugiu.

Anónimo disse...

Pena que não tenhas feito um artigo chamado "Os fugitivos" para os cavaleiros da tábula redonda.

bgvp disse...

Eu até tenho boa imagem deste presidente, não estará ele a pagar por não se envolver em situações dúbias?

http://canalscp.blogspot.com

Anónimo disse...

Quase tudo verdade. Mas ficas a saber que não há ordenados em atraso. O Vitória paga ao dia 10 e presentemente apenas deve o mês de Janeiro, que será pago... no 10 de Fevereiro. É feio mentir.