WWW.BOLANAAREA.PT

segunda-feira, fevereiro 19, 2007

BRAGA POR UM CANUDO


Terceiro treinador no Sp. Braga esta época. Não é inédito na Bwin Liga mas num clube com a dimensão do Sp. Braga dá pelo menos que pensar. Carlos Carvalhal conseguiu colocar a equipa pela primeira vez na fase regular da Taça UEFA e...saiu. Rogério Gonçalves está a um passo de levar a equipa ainda mais para a frente na mesma competição e...saiu. Quem pode dizer que Carvalhal e Gonçalves são maus treinadores? Bem, sempre haverá alguém... A verdade é que Rogério trabalhou no Braga sempre com rede, ou seja, com Jorge Costa, este, sim, grande aposta da SAD. O antigo capitão portista estava na calha para, mais dia menos dia, assumir a posição de n.º1, que é natural em si. Aí está. Terá de ser ele a responder perante o exigente Salvador, o presidente que fez enriquecer a SAD e que continua zangado com os seus adeptos, de que é exemplo a fraca assistência ao Braga-Parma. Não ganha muito o empreendedor empreiteiro em manter esta guerra com os adeptos do seu clube, melhor seria fazer algum charme, mas há estilos muitos difíceis de mudar sobretudo para quem está habituado a lidar com mestres de obras, picheleiros e trolhas. Salvador sente que tem tijolo, ferro e madeira para se candidatar ao título e já viu que não será esta época. Custa. Porque tem uma boa equipa, o melhor estádio português e as maiores reservas de capital. Mas está visto que para se vencer no futebol é preciso algo mais. Génio, por exemplo, como o de Pinto da Costa. Esperteza, como a de Vieira. Só para dar dois exemplos. Salvador ainda é novo, ainda pode aprender...
PS 1 - Esta mudança vai transformar o cada vez mais próximo FC Porto-Sp. Braga num jogo muito interessante, com Jorge Costa na condição de treinador principal a ter que "torcer" contra a equipa do seu coração, a equipa que o deixou partir sem uma festa de homenagem (é mais um para se juntar a uma extensa lista)
PS 2 - O inevitável José Pereira, presidente do sindicato dos treinadores, já saltou a terreiro para afirmar que Jorge Costa não tem sequer habilitações para treinar clubes da Liga de Honra. Com uma fugaz passagem pelo Campomaiorense, salvo erro, e como interino, o senhor Pereira devia pensar duas vezes antes de falar de Jorge Costa e de habilitações porque, primeiro, está a falar de um campeão e, segundo, toda a gente sabe que nos nossos cursos de treinadores nunca chumbou ninguém mesmo quem chumba por faltas!

8 comentários:

Anónimo disse...

PS - Esta mudança vai transformar o cada vez mais próximo FC Porto-Sp. Braga num jogo muito interessante, com Jorge Costa na condição de treinador principal a ter que "torcer" contra a equipa do seu coração, a equipa que o deixou partir sem uma festa de homenagem (é mais um para se juntar a uma extensa lista)

Mais um que se conseguir ganhar ao padrinho vai fazer um ar muito consternado, dizer que as faltas contra o porto ou foram mais assinaladas ou não viu porque estava a olhar para o chão.

A "portização" dos clubes mais próximos do pinto da costa, em tempo de Apito Dourado tem que se lhe diga. Há que captar apoios e nada como os "vizinhos" prontos a acudir.

Pedro Morgado disse...

E vão 3!

Rogério Gonçalves estava claramente a mais neste Braga. A equipa está muitos pontos abaixo da qualidade que tem...

Pedro Morgado disse...

E vão 3!

Rogério Gonçalves estava claramente a mais neste Braga. A equipa está muitos pontos abaixo da qualidade que tem...

Pedro Morgado disse...

E vão 3!

Rogério Gonçalves estava claramente a mais neste Braga. A equipa está muitos pontos abaixo da qualidade que tem...

Teixeira disse...

O anónimo que não quer encaixar a evidência que os antigos jogadores do FC Porto tem mais condições técnico-tácticas para além de serem melhores condutores de homens do que os ex-(dos)-adversários...

É pena não é caro anónimo?

Toma e embrulha.

Anónimo disse...

ora aí está bem falado por quem sabe, se nem deixa de sustentar a sua ideia, assim Jorge Costa se saia neste projecto com o denodo que de sempre o caracteriza

amelie

Gabriel disse...

Realmente é uma piada ver estes vermelhões falarem de apoios do Braga ao Porto... Até parece que não foi o Braga que vendeu Tiago, Ricardo Rocha e Armando ao SLB pela módica quantia de 1,5milhões de euros...

Anónimo disse...

Sempre gostei do "bicho". Sempre detestei o José Pereira, sobretudo pelo que fez ao "velho" Carlos Silva. No entanto neste caso não me parece que seja como diz no seu "post". Os processos relativos aos cursos de treinadores de futebol em Portugal estão devidamente regularizados e são definidos pela UEFA. Hoje, apesar do José Pereira, já é possível tudo se encontrar a caminho da harmonização internacional. Queiram ou não, Paulo Bento e mais alguns, entre os quais Paulo Sousa, são obrigados a seguir as directivas da UEFA. Ou seja, participar e obter classificação positiva em cada um dos cursos, I, II, III e IV nível, sendo que o I nível pode ser evitado pelo facto de o candidato a treinador ter sido internacional "AA" por mais de 15 vezes. A partir daí é fazer cursos e treinar. Jorge Costa porém iniciou há bem pouco tempo o II nível, encontrando-se longe de ter as condições mínimas para assumir o cargo. Por mais competência que tenha e eu acredito que a tenha.