WWW.BOLANAAREA.PT

quarta-feira, janeiro 31, 2007

2 estórias de árbitros

Jogo da II Liga prestes a começar. O presidente entrega ao árbitro o envelope. Este faz a contagem das notas. "Não chega", diz. Argumenta o presidente que foi o que se pôde arranjar. "Não chega", repete o bicho. O presidente não tem mais nada: corre para a bilheteira e enche um saco do "Continente" com notas. Não dá tempo para contá-las. O bicho aceita a oferta. O jogo pode começar.
Jogo a decorrer. Árbitro assistente a prejudicar insistentemente a equipa da casa. O presidente, na bancada, agarra no telemóvel e pede a um dos roupeiros para se acercar do árbitro e para lhe transmitir a mensagem: "Não te esqueças do cheque sem cobertura que passaste a fulano..." Tudo regressa rapidamente à normalidade.

1 comentário:

Anónimo disse...

Tanto apanágio pela defesa das grandes manchetes dos jornais desportivos, porque não por o nome aos bois nestas "estórias" e manda-las para a capa dos jornais hum???