WWW.BOLANAAREA.PT

quinta-feira, dezembro 21, 2006

É Natal...







Tempo de Natal também aproveitado para alguns jantaradas e jogos de sobe-e-desce ou de trivial. Mas o mais importante para nós, recordistas, num jantar convocado a propósito de um pica-no-chão divinal no "Mar à Vista" do Cabo do Mundo, propriedade do sr. Alberto, cunhado do famoso antigo jogador bracarense Bino das Trivelas, foi provar que, como dizem os palancas, TAMOS JUNTOS. Apesar do nosso egnimático Octávio Simão ter continuado a repetir que só nós sabiamos do que estávamos a falar, o convívio foi um facto animado pelos dotes de declamação de Toninho Mau a propósito de um livro que passou de mãos para mãos e que mereceu comentários diversos que não vou divulgar porque só nós sabíamos do que estávamos a falar. O ponto alto do jantar aconteceu quando a nossa colega Cláudia, especialista em Honra e promissora jornalista desta casa, abriu o seu discurso falando de quilómetros, situação que finalmente silencionou o nosso Malvado, que desta vez não teve a ousadia de dizer o que está sempre a dizer, pois sabe bem do que a Cláudia estava a falar. Apesar da presença de 3 brilhantes e multifacetados repórteres fotógráficos em cena, tive de ser eu a tirar as fotos, o que só demonstra que este espécime de jornalista armado com máquinas só se sente tentado a carregar no gatilho quando estão a ser vatidos pela chuva e pelas escarradelas dos adeptos que ainda vão aos estádios. Foi quase uma directa pois no dia seguinte, hoje, houve almoço do grupo, num restaurante perto da nossa primeira casa. Record, Correio da Manhã, Jornal de Negócios, Destak, comerciais e, são os últimos mas valem como primeiros, respectivos assessores debateram-se com picanhas, postas e robalos e ninguém se queixou. A família está unida, sobretudo quando o vinho é bom e a cerveja tem pressão. Muitas caras bonitas (D. Conceição, D. Manuela, Leonor, Ana, Cinthya, Marta, Sandrinha...) deram ainda mais cor a uma festa abrilhantada pelo famoso Perigoso quando este abandonou o recinto de copo na mão e seguiu de boleia até à redacção comigo a seu motorista. E ainda dizem que o Licor Beirão é bebida de betinhos...

Sem comentários: