WWW.BOLANAAREA.PT

quinta-feira, novembro 23, 2006

PC e a Pinhão

(...)Eles e elas, órfãos de uma hereditariedade que lhes deveria merecer maior respeito e a quem o melhor mesmo é votá-los ao desprezo. Pseudo-intelectuais, trajando ganga coçada como convém, de cabelo oleoso e desgrenhado, de comum com Miguel Sousa Tavares só têm o facto de escreverem no mesmo jornal, aí fazendo alarde da sua sanha anti-desportista, onde só o vermelho é que conta, não conseguindo já ocultar o único e exclusivo propósito que é o de atacar e tentar denegrir a imagem do FC Porto e do seu presidentem evocando permanentemente e de forma ardiloso princípios éticos que não possuem e que caem pela base quando se sabe, e só não sabe quem não quer, que faziam viagens pelo "Abreu" e a conta era paga pelo Benfica. É gato escondido com rabo de fora. Melhor dizendo, é preciso ter cá uma lata"
Pinto da Costa, na revista Dragões, presumo que sobre Leonor Pinhão

14 comentários:

Anónimo disse...

Escama Dragões

Este Abreu é o mesmo do Guimaro?

Saudações Leoninas

Asa Negra disse...

Isto assentava-te como uma luva. Era só mudar o Benfica pelo Porto. Com a agravante de que a Leonor nunca escondeu que era benfiquista e tu só começas-te a ser dragão... há bem pouco tempo... sabe-se lá porquê.
Ainda te recordas daquele episódio em Belém?

tudo sobre futebol disse...

Visitem futebol adeptos e claques

lup51 disse...

deves andar a dar na fruta! que dragão ultimamente...

quando o pintólio fala do miguel sousa tavares perde a credibilidade... que nunca teve - a não ser para o seu séquito.

poderá não ser bonita, mas a leonor é uma senhora. pode ter rabos de palha, mas isso também tu tens. e não anda a mentir nas suas crónicas. o sousa tavares nunca será um senhor. e mente despudoradamente nas crónicas.

zaztrazpazguerra disse...

Há muito que deixei de comprar esse jornal. E essa pseudo-intelectual foi seguramente um dos motivos mais fortes para que tal tivesse acontecido. Para ter que assistir a vomitados, prefiro levar o meu cão a passear pelas ervas deixando-o comer as mesmas. É infalível. A seguir é esperar pela sua purgação, dizem-me que lhe faz bem para que assim possa limpar a "merda" que tem no estômago...

Em conclusão, não gosto de pinhões e para além disso fazem-se "muito caros" para o meu gosto. Vai-se a comer e aquilo não presta para nada.


(Palmas para o PC)

cineasta disse...

Ó Abreu, dá cá o meu. Comentário patrocionado pela, "agÊncia Abreu".Com a Abreu,recebe sempre o seu. Abreu... ao lumiar.

Sr Santos disse...

És mesmo rasteiro...

De há uns tempos para cá, isto tornou-se num blog anti benfiquista, com um único propósito: Aumentar as visitas. Acontece que nem assim consegues ter pessoas a comentar as tuas frustradas postas. A decadência está patente e a tua frustração deve ser gritante e humilhante.

Terminas em desespero, a citar quem só pode ser admirado por pulhas e gente pouco séria. Que contributo tem essa merda de texto para o futebol? Não deveria a Leonor Pinhão ser absolutamente insignificante perante o presidente do segundo maior clube do país?

Fecha isto homem...Arrumaste com as pessoas que aqui escreviam no ínicio, fruto da tua inexplicável arrrogância e burrice, duraste enquanto não haviam outros blogs sobre futebol, e agora estás ultrapassado. Poupa-te à decadência...

Anónimo disse...

Tá no tempo de descascar os pinhões.

Luciano Rodrigues disse...

Em Belém? Conta conta...

sr.gomes disse...

O sr.santos,do 1º clube,(o do guiness)é um cromo.Ò sr.santos...força ai,homer...oh messa!

Anónimo disse...

Não brilhou nos relvados enquanto jogador, mas é acusado de driblar o fisco com o recurso a tácticas elaboradas. Em 2000, quando declarou ao fisco 49,1 mil euros em rendimentos de IRS, José Veiga, o agora ex-director do Benfica, "agenciou" negócios de milhões de euros.

A listagem das transferências de 2000, na qual pontificou Luís Figo, do Barcelona para o Real Madrid, valeu o seu peso em ouro. Paulo Bento, Bruno Caires e Hugo são outros exemplos. Só a transacção da então estrela do futebol europeu , Figo "valeu" ao então "empresário FIFA" um volume de negócios de 37,5 milhões de euros. Claro, falta referir João Pinto, do Benfica para o Sporting, negócio que na data foi propagandeado como sendo a "custo zero".

Nos anos seguintes mais super-estrelas do futebol mudaram de emblemas: em 2001, Jardel saltou do Galatasaray para o Sporting por uns "declarados" cinco milhões de euros. De rendimentos brutos desse ano, o conhecido "Mr. Veiga" no mundo dos negócios, ao preencher a declaração de IRS, terá colocado uma cifra de 56,1 mil. Um salário bruto mensal de quatro mil euros, um pecúlio ao alcance da classe média.

No ano seguinte, em 2002, Veiga terá declarado remunerações de categoria A do IRS de 55,5 mil euros anuais. Em 2003, os seus rendimentos - para consumo do fisco - terão andado na casa dos 55,7 mil euros.

Para estes ganhos típicos de "classe média", 2004 foi um ano memorável. Em Abril, entra no Benfica e os seus rendimentos disparam para os 165 mil euros. Na época seguinte, já auferia em salários (do Benfica) cerca de 221 mil euros anuais.

Perito no "planeamento fiscal agressivo"? Aparentemente, Veiga é tão bom nos negócios de "agenciamento" de jogadores como em "limpar" os dividendos da tributação. Os " veículos fiscais" - como os famosos off-shores - pareciam justificar a "fuga" da matéria colectável.

A verdade é que a "ficha" de "Mr. Veiga", bem como das suas empresas - com a Superfute à cabeça -, no fisco não é pacífica e os conflitos perduram há mais de uma década. Frente a rendimentos próprios de classe média, mas com volume de negócios multimilionários, o fisco reclama impostos de milhões de euros.

Em 2000, só em IVA e em seu nome pessoal, Veiga tem pendente uma liquidação no valor um pouco superior a um milhão de euros, que já deverá ascender a 1,4 milhões de euros, com os juros acumulados. A Superfute - entretanto extinta - colecciona dívidas em IVA e IRC (imposto sobre lucros) desde 1996.

Um terço do ordenado mensal gozado enquanto director do Benfica (uma parcela de seis mil euros) é retido na fonte, como resultado de uma execução fiscal. Outros bens foram "executados": bens da Superfute, acções do Sporting, Estoril Praia, camarote no Estádio da Luz.
DN 25-11-2006

Anónimo disse...

Deviam tirar essa senhora ou lá o que ela é, de cena... Aquilo assusta as criancinhas só de olhar...

O INFERNO DA LUZ disse...

Ó Eugénio, tu agora lês a revista "Dragões"??? Um abraço amigo e camarada e parabéns pelo teu blog.

Anónimo disse...

O Leonor Pinhão é uma senhora???