WWW.BOLANAAREA.PT

terça-feira, maio 09, 2006

O MAJOR (versão moderna)

Mais uma grande época do nosso major. Mesmo arriscando muito, ao usar um critério técnico e disciplinar lato, Pedro Henriques passou mais uma prova de fogo, quase indiferente aos saloios do costume. E por saloios entendam-se não apenas os pacóvios de Oeiras. Num país avesso à mudança, nepótico e anedótico, onde falar de alternância de poder é quase como falar de bares de alterne, quiçá pior, Pedro Henriques não passa de um "outsider". Sem nada a perder, sem hipóteses de conseguir os galões de internacional devido aos 40 anos que já soma, o árbitro lisboeta definiu o seu estilo e defende-o com unhas e apitos (poucos). PH deixa por marcar muitas faltas mas são muitas mais as "faltas cénicas" que não valida que as primeiras. O saldo é sempre positivo. É estranho que alegadas "mentes abertas" do nosso futebol, que no fundo não passam de mais do mesmo, continuem a zurzir no Pedro como se este fosse responsável por todos os males da arbitragem. Não é. O major é apenas um árbitro anti-sistema, não participa nas manobras da NATO (Não Apites Tudo Otário) e que se saiba não tem padrinhos ou empresas associadas a negócios futeboleiros. PH é um dos poucos árbitros modernos do nosso futebol, é a pedrada no charco. Acontece apenas que quando a pedra cai na água acaba sempre por sujar alguém. E são sempre aqueles que estão mais sujos que mais protestam.

10 comentários:

PedroL disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
eugenio disse...

bene

O REI KONG disse...

Não foi este que disse que errou ao não marcar 2 penáltis no Restelo contra o benfica?
Que jeito davam agora esses pontos ao Belenenses.

lukinhas disse...

A forma de apitar (não alinhar nas faltas cénicas) deste Sr. Arbitro, em termos de futuro, não o leva a lado nenhum, (o que aconteceu ao Sr. Arbitro, que tinha o mesmo "defeito" José Leirós?) mandaram-no para a jarra de vez. Por estas e por outras é que a "qualidade" da n/arbitragem está como está. Alemanha só na bancada a assistir e mais não digo.Gostei muito deste artigo, parabens!

NP disse...

Essa do "mais do mesmo" não deve ser comigo, pois PH é, para mim, o melhor árbitro português... lol

Com ele, o "Campo não inclina", embora erre como todos os outros! Mas é "diferente"... nota-se! Já agora, "meto no mesmo saco" o Duarte Gomes!

Anónimo disse...

pois muito bom,por deixar tanto jogar é que deixou o slb cometer 3 penaltys no restelo e não assinalou nenhum.a partir do momento em que num desporto como emtudo na vida existem regras ou leis ,têm que ser cumpridas.se houver 50 faltas num jogo deixa-se seguir só para não estragar o espactaculo? não concordo .se a falta existe tem que se marcar

Pastel fodido disse...

falar neste FDP que sonegou 3 penalties e os consequentes 3 pontos ao Belenenses e pior que cuspir na sopa...
Merecia um scud pelo cu adentro....

eugenio disse...

José Leirós está vivo como a sardinha. Podem "estar" com ele no MardeMatosinhos

fvaz disse...

"Já agora, "meto no mesmo saco" o Duarte Gomes!"

Foi tempo.

O Paulo Baptista é outro que também erra mas não se conhecem inclinações.

Um e outro (PB e PH) foram os melhores árbitros para Record e A Bola. Nenhum deles é internacional.

E quando sabemos que o nosso internacional mais cotado é o Olegário percebemos porquê.

É mesmo o conto do Olegário.

Isento disse...

mais da mesma merda. como é que podes dizer o que dizes quando não passa de um árbitro que segue o mesmo estereótipo dos arbitros portugueses cujo lema é: favorecer os maiores em detrimento dos figurantes. de facto concordo que é a imagem de marca do árbitro (português)moderno e antigo. corrupto e estaroleiro