WWW.BOLANAAREA.PT

quarta-feira, maio 24, 2006

Braga, em Maio




3 imagens do Portugal-França de Braga. Custou mas a "Pedreira" lá encheu. Excelente organização no apoio aos (poucos) jornalistas presentes (o pormenor das bananas foi no mínimo delicioso), cerimónia simples de abertura e muitos colunáveis na bancada. Sócrates foi o último a chegar e Pinto da Costa sentou-se no meio de Valentim Loureiro e João Loureiro - a santíssima trindade do nosso futebol?. Atrás de mim, o Marco Aurélio, o Miguel Torrão, que obviamente não foram à tropa, e o Carlos Júlio Lopes (que muito em breve vai apresentar em livro as suas memórias de África) cantaram o hino em sentido. Na imagem aprecia-se ainda a forma erecta do microfone da Renascença empunhado por Joaquim Vieira, a dor de cabeça da Betandwin em Portugal. Rui Costa, que na imagem arrastada podemos ver a falar com a Aurora Cunha, foi a vedeta, dando entrevistas sobre entrevistas, obviamente a propósito do seu ingresso iminente e eminente no Benfica. O pior foi mesmo o resultado.
PS - Em Braga também reencontrei a Manuela Brandão, durante muito anos grande ponta-de-lança de O JOGO e hoje prestes a apresentar o renovado site da Gestifute, que promete ser um "hit" destas vidas electrónicas.