WWW.BOLANAAREA.PT

sexta-feira, março 31, 2006

7 DIAS


Sábado, 25
O Benfica lá bateu o Braga com um golo "mijado" de Nuno Gomes, de regresso aos golos e às primeiras páginas do dia seguinte. Este Braga de Jesualdo mais uma vez prometeu mas não foi capaz de manter fora de casa a pedalada que revelou na pedreira. Será que se podia pedir mais a uma equipa que em Dezembro perdeu o defesa direito (Abel), um central (Nunes) e um defesa esquerdo (Jorge Luiz) em nome do encaixe financeiro? Eu cá acho que não.

Domingo, 26
O Sporting bateu naturalmente o Penafiel e Nani lá deu mais uma cambalhota. O Penafiel confirmou a descida à Liga de Honra, depois de dois anos na "1ª". António Oliveira fez tudo o que podia fazer? Talvez. Recolocou o Penafiel no mapa enquanto manteve 11 por cento da SAD portista. As escolhas de Verão não foram felizes e Luís Castro muito mais não pôde fazer perante o amadorismo que ainda reina por aquelas bandas.
O FC Porto só precisou, em Coimbra, de um golo para ganhar. A Académica de Vingada nunca se afirmou como ameaça. Os dragões continuam a somar nos jogos ditos fáceis.

2ª feira, 27
O Canadá começa a despachar os nossos "ilegais" mas o que importa é o Benfica-Barça. Rocha é anunciado como a sombra de Ronaldinho e Koeman diz que os jogadores do Barça só têm duas pernas. Pois olhe que não parece, sobretudo quando a bola vai para os pés do dentuças...
O Boavista empata em Leiria e fica reduzido ao desafio de manter o 5º lugar. Já não é mau para quem tanto cortou no orçamento e não tem um único avançado digno desse nome.

3ª feira, 28
0-0 no Benfica-Barça. Os encarnados estiveram no limiar da humilhação, na 1ª parte, e Moretto deixou confundidos os paineleiros do costume: foi herói ou trapalhão? Foi as duas coisas e bem, digo eu. Para discutir ficou o penalty de Thiago Motta que o senhor Bennet não terá marcado. Aqui passo a palavra ao António Pinho Vargas: "Em Portugal dir-se-á que há clara intenção de jogar com a mão. Em Espanha dir-se-á: não é óbvio que haja intenção. E agora? Perante os erros deste tipo como sair do círculo de subjectividade que inflama os olhos?" (in DN)

4ª feira, 29
No rescaldo do grande jogo, mais uma vez temos de comer com a tese de que o Sporting nada seria sem o senhor Freitas e que nada será sem o senhor Franco ou sem o senhor Ribeiro Telles. Não sei por que envolvem Paulo Bento neste circo de feras mas não é amigo quem o faz, tenho eu a certeza.
"A Bola" edita-se pela primeira vez na América do Norte. É um passo interessante e um desafio sobretudo a "A Bola online".

5ª feira, 30
O JN confirma a notícia do BnA: Baía comprou mesmo aquela máquina. É um brinquedo interessante para quem não pode brincar com a bola.

6ª feira, 31
Regressa a Liga, na entrada da recta final. O Sporting será o primeiro a entrar em acção e tem o maior desafio perante um Vitória bom nos 90 minutos mas péssimo nos descontos. Grande jogo em perspectiva. Falta saber de que será capaz o Gil Vicente no Dragão. Se não jogar como o Paços...pode complicar.

Sem comentários: