AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, junho 02, 2009

UMA MANHÃ VELHA NO S.JOÃO NOVO


Carolina Salgado faltou hoje ao julgamento na qual é ao mesmo tempo arguida e assistente. Pinto da Costa, esse, esteve lá, com um sorriso nos lábios, sobretudo quando a equipa de empregadas de limpeza do tribunal de S. João Novo começou a cantarolar, baixinho, "Pinto da Costa, olé". O gang da Ribeira andava por perto, sob forte vigilância, e pouco depois apareceu o guarda Abel. O coletivo de juízes parecia um conjunto rock com as cabeleiras compridas e Pinto da Costa não se sentou no banco dos réus por ainda estar a ser discutida a sua constituição como arguida, situação que o presidente do colectivo entretanto decidiu, indeferindo o requerimento do advogado de PC, o inevitável Gil Moreira dos Santos, que poderá ainda recorrer. O coletivo fez uma espécie de audiência preliminar e marcou a primeira sessão para 7 de Julho. Então, sim, teremos a oportunidade de ver Carolina, Pinto da Costa, Paulo Lemos, Afonso Ribeiro (motorista de PC) e Nuno Santos sentados no banco dos réus. A não ser que a doença de Carolina, exilada em Cabeço de Vide, seja grave...

PS - Falta dizer que este processo não é um processo mas um pacote de processos. Pinto da Costa, Lourenço Pinto e Fernando Póvoas acusam Carolina de ter mandado incendiar os respectivos escritórios, Carolina acusa Pinto da Costa e o seu staff de agressão. No mesmo pacote irá decidido um eventual crime de falso testemunho de Carolina durante a instrução do processo relativo ao jogo FC Porto-Estrela da Amadora.

2 comentários:

Anónimo disse...

Queres tu dizer, que só faltou a p### para o gangue estar completo.

condor disse...

Não te preocupes,a acusação de agressão resolve-se com meia duzia de euros!