AGORA ESTOU AQUI

sexta-feira, junho 12, 2009

Classificações

Terminou oficialmente a época em Portugal com a realização da Final da Taça de Portugal que foi bem arbitrada pela equipa de arbitragem da A.F. Porto, chefiada pelo árbitro internacional Paulo Costa.
Agora todos os árbitros portugueses, aguardam a divulgação das suas respectivas classificações da época.
Uma vez mais, as classificações finais vão ser divulgadas, sendo em seguida homologadas também pela Federação Portuguesa de Futebol.
É um assunto que não interessa aos outros intervenientes do espectáculo e do produto futebol, esquecendo-se que o acto de classificar com rigor e transparência, vai moralizar o sector pragmático da arbitragem e posicionar nos lugares cimeiros da classificação os melhores árbitros.
Não há competição desportiva oficial que dispense uma equipa de arbitragem.
É ela que faz respeitar as regras do jogo e oficializa os resultados.
Colocados acima dos competidores, os árbitros apresentam-se sozinhos perante todos os outros intervenientes do acto desportivo e são frequentemente alvo de jogo cruzado de criticas e denúncias que não dignificam a prática desportiva.
Porque os árbitros são indispensáveis em qualquer competição, há que considerar a sua presença e actividade nos recintos desportivos com o mesmo rigor e objectividade que se exige nos seus julgamentos.
É indispensável transformar a maneira de “ver” o árbitro.
Transformar é sempre um processo lento de etapas sucessivas que também tem de começar pela elaboração de uma imagem diferente daquela que tem ficado nas classificações dos árbitros. Há que ter a convicção de que se pode fazer muitíssimo mais a favor da arbitragem e do sistema de classificações dos árbitros do que se tem feito até hoje.

Aproveito para desejar a todos os leitores Boas Férias.

5 comentários:

NUNO RAMOS disse...

Para quem gosta de recordar o nosso clube em imagens, recordando as nossas vitórias e glórias, visite o Armazém Leonino. Julgo que passará alguns momentos nostalgicos. Peço desculpa pela intromissão!

http://armazemleonino.blogspot.com

para apaixonados por cromos,jornais antigos, relatos de futebol, revistas antigas, etc... visite!

Anónimo disse...

Como da Noite para o Dia

Por Vítor Pimenta

© BMarques

Depois do Presidente da Câmara de Montalegre ter sido convidado a um debate em Mondim de Basto sobre a Barragem do Fridão, onde não se frenou em envenar as atenções com o aceno das contrapartidas das Eléctricas, eis que de repente se lhe deu o curto-circuito.

O temporal, que arrasou a Feira de Fumeiro, deixou-lhe os enchidos dependurados às escuras mas abriu-lhe os olhos para o facto de que a EDP, com 5 Barragens naquele concelho do Barroso, presta maus serviços e limitou-se, todos estes anos, a sugar-lhe a energia pelas turbinas. Pior, porque foi com o sacrifício de milhares de hectares do terreno cultivável de onde Montalegre arranca os sabores da carne que vende. «BASTA!» diz o agora alumiado Eng.º Fernando Rodrigues, "A EDP vive à custa dos municípios pobres como o de Montalegre. Aqui, nas cinco barragens do concelho pode produzir cerca de 100 milhões de euros de energia por ano, mas a justa participação do município na riqueza produzida, como elementar princípio de solidariedade, mas de justiça, resume-se a uns miseráveis 65 mil euros por ano, com culpas para o governo que não faz justiça, e permite assim aquilo que se pode classificar de enriquecimento ilícito por parte da EDP". Abençoada redenção.
In blasfemias

Anónimo disse...

alguem me poderia informar assim mais ou menos portanto qual o castigo ao sr Mesquita Machado derivado das suas declaraçoes apos o benfica-braga da primeira volta do campeonato?

Anónimo disse...

pelos vistos os fretes que o paulo batista fez vai ser dos primeiros classificados!

a.rodrigues disse...

Ai tantos Sanhudos que tão bem conheces, Leirós!!!