AGORA ESTOU AQUI

sábado, junho 06, 2009

BETTENCOURT e companhia

Não sei se repararam mas os três maiores maiores portugueses a seguir ao Automóvel Clube de Portugal têm presidentes com os famosos 'trinome' romanos: Jorge Nuno Pinto da Costa, no FC Porto, Luís Filipe Vieira, no Benfica, e José Eduardo Bettencourt, no Sporting. Recorde-se que Luís Filipe Vieira quando era presidente do Alverca era conhecido apenas por Luís Filipe. Não são casos únicos - temos José Eduardo Simões, na Académica, por exemplo - mas trata-se de uma amostra significativa. Com a particularidade de o novo presidente do Sporting tem um apelido fino, com dois "tt" lá no meio. O clube dos Viscondes tem de marcar sempre a sua linhagem. Na foto que o Record escolheu para a sua capa de hoje vemos também três homens em euforia. Aquele de que já se falou, Ernerto Ferreira da Silva e Eugénio Dias Ferreira. Ninguém diria, há um mês, que o conhecido paineleiro se juntaria nesta foto triunfal, ele que acabou por se contentar com um lugar na presidência da mesa da assembleia geral. O Sporting segue, por isso, numa fase consensual e embalado por esta onda pretensamente renovadora. É um sinal de vitalidade mas suspeito que vamos ter apenas mais do mesmo. Vale que um ex-inspector da PJ parece estar atento...

11 comentários:

Anónimo disse...

O Record on-line, telefonou-lhe em morse LOL

Anónimo disse...

Relativamente ao Dr. Dias Ferreira, é caso para perguntar: valeu a pena ter levado a tareia? E já sabe quem lha deu e/ou quem lha mandou dar?
Pelo menos desistiu de ir à luta pela Presidência, que parece ter sido o que pretendiam, não foi? Olha se era noutro Clube, que não o dos Viscondes!...

Anónimo disse...

06/06/2009
Incoerência federativa atinge atletas do F.C. Porto

Apesar dos, ou, talvez, devido aos bons desempenhos do F.C. Porto dentro de pista, quer no Campeonato Nacional em Pista Coberta, quer na recente ronda de apuramento para o Nacional de Clubes, na qual os azuis e brancos se qualificaram em primeiro lugar, a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) cancelou as inscrições das atletas contratadas pelos Dragões para o ataque ao título nacional, que se disputa a 13 e 14 de Junho, em Leiria.

Invocando um regulamento interno arcaico que peca por evidente incoerência, como à frente se demonstra, a FPA cancelou as inscrições da eslovena Sonja Roman, da estónia Ksenija Balta e da lituana Kristina Saltanovic, alegando que estas atletas contratadas pelo F.C. Porto estão na condição de «dupla filiação» e impedindo-as de participar na final do Campeonato Nacional de Clubes.

O argumento invocado, prende-se com o facto de as atletas estarem filiadas nos respectivos países de origem, por razões de «interesse nacional», de forma a poderem competir nas provas Internacionais (Campeonatos da Europa, do Mundo, Jogos Olímpicos), mas também no F.C. Porto, devidamente autorizadas pelas respectivas federações de origem.

Ora este argumento colocaria em causa a participação de várias outras atletas, inclusivamente do F.C. Porto, que se encontram precisamente na mesma situação. Carla Tavares ou Irina Sustelo, por exemplo, apesar de estarem inscritas e competirem em França e na Bélgica, respectivamente, estão igualmente filiadas e autorizadas a participarem no Nacional de Clubes ao serviço dos Dragões, sem que, nestes casos, a FPA tenha levantado qualquer interdição.

O fundamento não pode, tão pouco, prender-se com razões de nacionalidade, já que, qualquer das três atletas cuja inscrição foi cancelada pela FPA é oriunda de países membros de pleno direito da União Europeia. Antes ainda da tomada de decisão, que não é por agora formal, os responsáveis federativos portugueses entraram em contacto com os organismos máximos do atletismo dos países de origem das atletas portistas, tendo estes comunicado ao F.C. Porto a sua estranheza perante os obstáculos colocados a uma condição considerada absolutamente «normal».

Sem que se perceba quais as verdadeiras intenções federativas, entidade que tem procurado dificultar ao máximo a posição do F.C. Porto neste contexto, o facto é que uma decisão formal em torno desta situação ainda não foi comunicada e tem sido protelada, quem sabe se para lá da data de realização do Campeonato Nacional de Clubes. A manter-se a posição inflexível da FPA, Fernando Oliveira, dirigente do atletismo azul e branco, diz estar em risco a participação do F.C. Porto na final dos campeonatos nacionais de clubes a realizar de 13 e 14 de Junho.

«Não esperava que as ambições do F.C. Porto gerassem tanta controvérsia. Muito provavelmente não iremos estar presentes na final do Campeonato Nacional de Clubes e, se estivermos, fá-lo-emos bastante desfalcados e sob protesto. A Federação tem criado leis em função dos interesses de alguns clubes e não nos parece que esta seja a forma adequada de dar o relevo e a importância devida ao atletismo nacional. O F.C. Porto aposta na promoção do atletismo. E a FPA, defende os interesses de quem?», interroga-se o responsável portista.
site do FCP

JMTC disse...

O que é que esta m... interessa perante mais uma joga miserável da selecção?...Não dizes nada sobre as invenções do teu homónimo e a falta de garra, de velocidade e de clarividência de 90% dos jogadores?...Não merece nenhum comentário que só mesmo o Bruno Alves tenha merecido vencer aquele jogo?...Ah! Estás a pensar...então pensa bem e escreve a desancar a falta de categoria de uns e a falta de comer a relva de outros, sempre a começar pela falta de qualidade de quem comanda aquela rapaziada...

Anónimo disse...

Porco gordo, evita falar do Sporting. É demasiada areia para a tua camioneta...
Podes falar do glorigozo, do fc porcos e de outros clubes pequenitos, como o leixões...

andre--- disse...

http://apenasesofutebol.blogs.sapo.pt/

Anónimo disse...

Ó géninho! O teu desdém e o teu sarcasmo fica-te muito mal.Não te engrandeces nada em brincares de maneira porca com os nomes dos outros.Senão sabes, vai aprender antes de escrever asneiras. O nome Bettencourt é de origem francesa. Explica lá, porque é que devia de se escrever só com 1 tê? Só para satisfazer GENTINHA como tu? Tu que pertences a uma classe profissional que está sempre a meter os "pés com as mãos", com os inglesismos misturados no que escrevem em português!...
Incomoda-te? E porquê? És racista ou sofres de complexos de inferioridade?!

QUE POBREZA DE ESPIRITO!...E QUE CINISMO!

AXN disse...

josé eduardo bettencourt no discurso de vitória:

"somos um exemplo de criatividade, as nossas claques vendem mais discos do que as de outros clubes"

E do que aquela Srª que tem uma alface na cabeça ou do João Braga, diria eu.

Arbitragem Bracarense disse...

Meu caro,

Costumo seguir com interesse as noticias que vai publicando no seu Blog, desde há tempos idos (ainda tinha o anterior blog).

Bem, tomei a ousadia de acrescentar no meu blog link para o seu blog. Gostaria que fizesse o mesmo.

Comentar ssf.

Saudações desportivas,
Arbitragem Bracarense,
Jorge Oliveira

simon disse...

Olha, olha,
os três ridículos!

Ou caso será que são quatro?!

Anónimo disse...

Os dois tt é porque o homem é accionista da TransTejo.

Quanto ao hospede da avenida Brasil, arranjou aquela caldeirada para que soubessem que ele estava
"curado".