AGORA ESTOU AQUI

terça-feira, abril 07, 2009

HERMÍNIO VAIA OU RACHA

Como é que uma Liga que se assume moderna, ainda não entregou o troféu de campeão nacional ao FC Porto relativo à época passada?
Já devia ter sido entregue. Mas repare, uma Liga moderna actualiza os regulamentos e, para a presente época desportiva a entrega do troféu está devidamente regulamentada, ou seja, na primeira jornada em casa depois de um clube se sagrar campeão, o troféu é entregue. É o modelo inglês. Para quê? Para que os atletas que conquistam esse título possam fazer a festa e partilhá-la com os adeptos, no momento. E não como acontecia no passado que era outros atletas que nada tinham contribuído para essa vitória estarem ali com o 'caneco'. E, portanto, esta Liga melhorou, nessa matéria e regulamentou de forma clara e objectiva como é que se entrega o troféu. Mas repare que não foi entregue o troféu ao FC Porto, como não foi entregue ao Trofense, (Liga Vitalis) como não foi entregue ao Santa Clara (Taça Fair Play da Liga Vitalis). O único que recebeu o troféu foi o Rio Ave, (Taça Fair Play da Liga Sagres). Para a presente época desportiva já está definido como vai ser. E para o caso que me está a colocar, também já está decidido. Este sábado, dia 11, que o FC Porto vai receber a Taça no Estádio do Dragão, antes do jogo frente ao Estrela da Amadora, entregue pelo presidente da Liga.
E está preparado para a vaia?
Claro, como é evidente, com toda a naturalidade. Faz parte da cultura desportiva. É perfeitamente natural que os adeptos reajam vaiando, assobiando.
Isso denota um esforço da sua parte de tentar normalizar as relações com o FC Porto. Sente-se a lutar contra moinhos de vento?
Eu gosto de ter boas relações com todos os clubes.
Sim, mas há um problema com o FC Porto...
Repare, essa situação do troféu foi bastante empolada. A Liga já devia ter entregue os troféus, ainda não o fez também por a sua estrutura não ser tão profissional como devia. São momentos que tem de ser preparados com toda a dignidade. O FC Porto foi campeão como todo o mérito e portanto não há aqui nenhuma animosidade, nem nada que se pareça, relativamente a essa matéria. Eu vou dar um exemplo: em 30 de Abril de 2005, e sublinho, em 30 de Abril de 2005, o FC Porto recebeu o troféu de 2004. Viram algum barulho nessa altura? Foi num jogo com o Marítimo e o troféu foi entregue pelo major Valentim Loureiro e não houve barulho nenhum. Agora criou-se algum burburinho e é uma situação que me deixa preocupado porque eu não quero que haja ruído sobre as questões acessórias. Eu sou favorável ao normal funcionamento das instituições.
Não o preocupa este divórcio com o FC Porto?
O FC Porto é tratado como qualquer outro clube da Liga, são todos tratados por igual e ninguém pode dizer o contrário. Ninguém.
Que comentário lhe merece o patrocínio da PT ao recente encontro amigável entre Boavista e Benfica, alegadamente para ajudar os "axadrezados" a atravessar uma situação económica e desportiva muito difícil?
Espero que o sinal da PT não seja só para o Boavista. Era uma obrigação da PT fazer aos outros clubes da Liga Vitalis o que fez ao Boavista.

Veja tudo in http://aeiou.visao.pt/estou-preparado-para-as-vaias-no-dragao=f503918

4 comentários:

LAM disse...

"...Para que os atletas que conquistam esse título possam fazer a festa e partilhá-la com os adeptos, no momento. E não como acontecia no passado que era outros atletas que nada tinham contribuído para essa vitória estarem ali com o 'caneco'..."

Loll!!
Com um bocado de jeito quem recebia a taça eram os netos dos jogadores que a conquistaram.

LAM

pedro disse...

Por acaso até gostava que relembrassem em que data o SLB recebeu o trofeu a quando da ultima liga que venceu...

É que agora tudo canta o argumento "2005"!!

Anónimo disse...

Pedro,
"em que data o SLB recebeu o trofeu a quando da ultima liga que venceu..."

isso já vai ter de perguntar ao meu avô.

Friend disse...

Eu concordo com Hermínio, pois faz todo sentido a equipa ganhar o campeonato e esses atletas receberem no mesmo ano.

Nõ vejo mal nenhum, pois acontece assim em vários países.

Mas muitos são ignorantes por isso...