AGORA ESTOU AQUI

quarta-feira, dezembro 12, 2007

O HOMEM DA CALDEIRA(da?)

Tirando o facto de ter ligeiras parecenças com o Benício Del Toro - também o Manuel do Laço é a cara chapada do Khadafi... -, o novo homem forte do Boavista só tem contribuído para a confusão que há algum tempo se vive ali para os lados do Bessa. Depois de prometer uma transição pacífica, Teixeira passou a anunciar um cenário catastrofista que apenas grava a crise que o clube e a SAD vivem. João Loureiro, que só estava à espera de uma oportunidade para saltar de um barco que mete água por todos os lados, aproveitou para se baldar de vez, entregando a criancinha nos braços do antigo presidente do Nau Vitória, hoje empresário na área das caldeiras (não confundir com os Caldeiras). Nesse entretanto, Teixeira prometeu 4 vezes que ia pagar os dois meses de salários em atraso dos jogadores e nicles de picles. Até ameaçou investigar uma conta num banco estrangeiro mas este mandou dizer que não tinha saldo nem para pagar umas sandes aos craques, como um dia fez Fernando Festas no Leça. Teixeira que já anunciou que um dos dez maiores bancos do mundo está pronto a investir no Boavista, o que, sem estar concretizado, é algo que não se pode anunciar. Atente-se no que aconteceu ao pardalito que andou 4 anos a anunciar um aumento de capital iminente.

Enfim, muito cheiro a esturro para tão pouco tempo de actividade.

2 comentários:

Eugénio Queirós disse...

Ok, parece que o homem já pagou.

JL disse...

isso é que foi cuspir para o ar...