WWW.BOLANAAREA.PT

domingo, novembro 05, 2006

Ainda o clássico


«Ao contrário do que alguma imprensa quis passar, o Benfica não controlou jogo nenhum. Mesmo na segunda parte em que teve um maior ascendente não criou qualquer oportunidade. Fez um golo de bola parada e um em contra-ataque», Jesualdo Ferreira

Acho que ainda há alguma margem para um pequeno debate técnico-táctico sobre a aparente forma como o Benfica depois de estar à beira da goleada não soube vencer o FC Porto, perdendo inclusivamente o jogo.

5 comentários:

Anónimo disse...

Convem avisar o Jesualdo que a TSF (e sua trupe de comentadores Sportinguistas) elegeram o Helton como melhor em campo.

Doc Frigo

Anónimo disse...

É, mas o prof. Jesualdo explicou logo após o jogo o que eu vi também em campo: questão posicional deficiente nomeadamente a permitir 2x1 (vulgo tabelas) no meio-campo que lançaram o Benfica em jogadas perigosas. Porque de domínio também vi pouco, notei mais as deficiências da chamada "marcação" por parte do FC Porto. Percebi o que Jesualdo quis dizer. Imagino que muitos jornalistas nem tenham querido saber o quê. Podiam ter-lhe perguntado, mas passam sempre ao lado das questões essenciais.
A pedra de toque foi essa, do prof. Jesualdo, e ninguém a aproveitou. Depois querem explicações a posteriori (sem acento no "a", é latim, o que eu não sei mas conheço questões básicas que alguns chefes deviam também saber) e continuam a passar ao lado.
De qualquer modo, que se lixe, nada há a fazer quanto ao 3-2, né?

Anónimo disse...

Há qualquer coisa de misterioso nas Antas que leva a que todos os que lá vão parar, mesmo aqueles que considerávamos ter um discurso mais ponderado, mudem radicalmente o seu estilo. Serão que lhes são metidas palas nos olhos ou a lavagem psicológica é extremamente eficaz? Oh Jesualdo, o que eras e em que te tornaste!

Nunovsky disse...

Anda engraçado o nosso Jesualdo. Isto de ter que agradar ao patrão para não cair assim o obriga.

urra...apre disse...

...Mesmo na segunda parte em que teve um maior ascendente não criou qualquer oportunidade. Fez um golo de bola parada e um em contra-ataque...

Tá provado. Qualquer um que entre os portões daquele bordel automaticamente se auto-lobotomiza.

Este badameco ainda me há-de explicar se os golos de bola parada ou de contra-ataque lá na aldeia dele não contam.

PS - Eugénio Queirós, através do record e deste blog te vejo cada vez mais pró-bimbo. Não te cures ,não! Tens algumas crónicas que são de raiar o vómito. dasse