AGORA ESTOU AQUI

quinta-feira, novembro 01, 2007

SEM FLOREADOS


Na minha última excursão à Bertrand e à FNAC, hesitei entre vários livros, mas como impus como limite 50 euros de literatura acabei por deixar para segundas núpcias o livro de Vítor Pereira sobre os Mundias onde esteve, o livro de José Carlos Soares sobre os tempos de desemprego e o Sétimo Selo de José Rodrigues dos Santos. Estes último ainda concorreu com o Rio das Flores de Miguel Sousa Tavares mas li na badana que em causa estava um segredo místico e desisti. Trouxe o Rio das Flores e mais um romance da Colleen McCullough - que me dá sempre garantia de entretenimento - e comecei a ler o livro de MST, até já vou a meio. Confesso que é um gosto e um gozo, tanto mais que MST se preocupa desta vez em detalhar alguns momentos da história recente de Portugal (Estado Novo) e do Mundo (nazismo). E ainda só agora estou a chegar, de zepeling, ao Brasil...

2 comentários:

Anónimo disse...

Tu devias ler era a historia do FCP em vez de leres estas merdas de gaijos que dizem mal do Padrinho .. Le o PLAYBOY ao menos com esses livros ( revistas ) podes rever o teu coficiente de inteligencia e claro SEXUAL e mais podes tocar ao bicho ...

PJ

Anónimo disse...

Estás a chegar de ZEPPELIN, mas isso é apenas um detalhe...